Porto Alegre, domingo, 23 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Manifestantes ocupam frente do STF após decisão de soltura de condenados em 2ª instância

Manifestantes se reuniram em frente ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, na última quarta-feira (19), após decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que determinou a soltura de todos os presos detidos em razão de condenações após segunda instância da Justiça. Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, estiveram presentes cerca de 150 pessoas. A maioria dos presentes se colocava contra a decisão do ministro, enquanto poucos se manifestavam a favor do ex-presidente Lula, que seria beneficiado pela decisão. Os manifestantes permaneceram no local até a derrubada da decisão pelo presidente do STF, Dias Toffoli, tomada após que a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorrer da decisão de Marco Aurélio Mello. Pela resolução de Toffoli, a decisão de Marco Aurélio está suspensa até 10 de abril do ano que vem, quando o STF julgará o tema em definitivo.
 

FOTO Wilson Dias/Agência Brasil/Divulgação/JC
21/12/2018 - 19h24min