Porto Alegre, sábado, 08 de dezembro de 2018.
Dia da Família.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Paulistanos não perdoam campanha de duplo sentido contra o Aedes aegypti

A campanha publicitária institucional de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, recém-lançada pela Prefeitura de São Paulo, foi parar nas redes sociais. O slogan "Aedes aegypti. Juntos, a gente te pega" provocou dúvida. Afinal, quem pega quem? "Não está claro quem está junto, o que provoca uma leitura enviesada, principalmente quando se trata de uma ação do poder público", diz Kleber Carrilho, professor do curso de Publicidade e Propaganda da Umesp. A população também não perdoou. "O tiro saiu pela culatra", diz a vendedora Tainá Campos, de 20 anos. "A prefeitura vai pegar o mosquito ou a gente?", questiona. A Prefeitura, da gestão Bruno Covas (PSDB), informou, em nota, que a campanha foi produzida pela Lua Propaganda. "Em face à interpretação errônea que a peça está gerando em algumas pessoas, a campanha já sofreu alterações, sem qualquer custo".
 

FOTO LEON RODRIGUES/DIVULGAÇÃO/JC