Porto Alegre, quarta-feira, 08 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Servidores de Porto Alegre em greve ocupam prédio da prefeitura por quase dez horas

Há mais de uma semana em greve, centenas de municipários voltaram a protestar na terça-feira (7) contra propostas do prefeito da Capital Nelson Marchezan Júnior. Dessa vez, a ação foi ocupar o prédio da prefeitura, em mobilização que durou quase dez horas e concentrou manifestantes no salão nobre e no segundo andar do Paço Municipal. A categoria afirmou que não deixaria o prédio enquanto o prefeito não se demonstrasse aberto ao diálogo. A Brigada Militar chegou a ser acionada para encerrar o protesto. No início da noite, uma decisão judicial concedeu liminar determinando a desocupação do prédio, prevendo multa de R$ 200 mil ao sindicato. Em nota, a prefeitura criticou a "invasão truculenta do Paço Municipal" e disse que ações como esta tiram a legitimidade do Simpa. O prédio foi totalmente desocupado à noite, em razão da possibilidade de uso de força pelo BOE e da BM. 
 

FOTO LUIZA PRADO/JC
08/08/2018 - 09h28min