Porto Alegre, terça-feira, 10 de julho de 2018.
Dia da Pizza.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Malala quer ajudar 1,5 milhão de brasileiras a ter acesso à educação

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai passou por São Paulo e deixou claro: educação é fundamental. Malala, Nobel da Paz em 2014, participou de um debate sobre o tema nessa segunda-feira (9), e defendeu a necessidade de garantir educação a 1,5 milhão de meninas que hoje estão fora da escola no Brasil, a maioria delas negras e indígenas de baixa renda. A Nobel da Paz pregou ainda que é preciso combater intimidações. “Essas meninas têm o direito de estudar, não podem ser forçadas a trabalhar, casar ou ter filhos." Em 2012, Malala foi alvo de um atentado do Talibã por militar a favor do acesso de meninas à educação no Paquistão. 
 

FOTO Rovena Rosa/Agência Brasil/JC
10/07/2018 - 15h49min