Porto Alegre, quarta-feira, 25 de novembro de 2020.
Dia do Doador de Sangue.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 25 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Libertadores da América

- Publicada em 16h00min, 25/11/2020. Atualizada em 20h49min, 25/11/2020.

Com morte de Maradona, confrontos entre Inter e Boca Juniors são transferidos

Clube hasteou a bandeira a meio-mastro em homenagem a Maradona

Clube hasteou a bandeira a meio-mastro em homenagem a Maradona


JOYCE ROCHA/JC
Horas após a morte de Diego Armando Maradona, a Conmebol anunciou que a partida entre Inter e Boca Juniors havia sido transferida, a pedido do clube argentino. O duelo de ida das oitavas de final da Libertadores da América passou a próxima quarta-feira (2), no Beira-Rio. A volta será em La Bombonera, no dia 9 de dezembro.
Horas após a morte de Diego Armando Maradona, a Conmebol anunciou que a partida entre Inter e Boca Juniors havia sido transferida, a pedido do clube argentino. O duelo de ida das oitavas de final da Libertadores da América passou a próxima quarta-feira (2), no Beira-Rio. A volta será em La Bombonera, no dia 9 de dezembro.
Após a definição, o grupo do Inter deixou a concentração e foi para o CT Parque Gigante treinar, já pensando na partida diante do Atlético-GO, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto o colorado treinava, a delegação do Boca deixava a sua concentração em um hotel no bairro Moinhos de Vento, na Capital. Consternados, os atletas argentinos não se manifestaram.
Em homenagem a Maradona, o Inter colocou a bandeira a meio mastro. À noite, as luzes do Beira-Rio foram acesas nas cores branca e azul, do Boca Juniors.
"A Conmebol, por meio de sua diretoria de competições de clubes, decidiu alterar a data dos jogos das oitavas de final entre Boca Juniors x Internacional pela Libertadores 2020, devido à morte da estrela do futebol Diego Maradona e sua estreita ligação com o clube argentino", informou a nota da entidade.
Torcedor declarado do Boca, Maradona também vestiu as cores do clube como jogador. Após dar seus passos iniciais no futebol pelo Argentinos Juniors, defendeu o time em 1981 e 1982, antes de se transferir para o Barcelona. Também foi pelo Boca que encerrou a carreira profissional. Depois disso, era visto constantemente no camarote pessoal em La Bombonera para acompanhar e apoiar o time.
Maradona também possuía relação estreita com personagens do atual elenco do Boca, hoje dirigido por Miguel Angel Russo, que foi seu companheiro na seleção argentina. Um deles é o atacante Carlitos Tevez.
Comentários CORRIGIR TEXTO