Porto Alegre, segunda-feira, 09 de novembro de 2020.
Dia do Hoteleiro.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 09 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Inter

- Publicada em 18h19min, 09/11/2020. Atualizada em 18h38min, 09/11/2020.

Coudet pede demissão e Inter confirma saída do técnico

Conflitos internos fizeram com que o treinador argentino aceitasse proposta do Celta de Vigo

Conflitos internos fizeram com que o treinador argentino aceitasse proposta do Celta de Vigo


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Deivison Ávila
O presidente do Inter, Marcelo Medeiros, anunciou, em coletiva realizada no fim da tarde desta segunda-feira (9), que Eduardo Coudet não é mais o técnico do Inter. "A direção foi surpreendida com o pedido de demissão ontem (domingo) à noite, depois do empate com o Coritiba", revelou Medeiros. 
O presidente do Inter, Marcelo Medeiros, anunciou, em coletiva realizada no fim da tarde desta segunda-feira (9), que Eduardo Coudet não é mais o técnico do Inter. "A direção foi surpreendida com o pedido de demissão ontem (domingo) à noite, depois do empate com o Coritiba", revelou Medeiros. 
A segunda-feira foi de partidas e chegadas inesperadas no Beira-Rio. Logo pela manhã, começou a circular a informação de que Coudet havia pedido para deixar o clube. O destino do comandante argentino é o Celta de Viga, na Espanha. Coudet já havia entrado em conflito com o diretor executivo, Rodrigo Caetano, com opiniões contrárias em relação ao elenco e as últimas contratações.
A imprensa espanhola já confirmou que o anúncio do Celta poderia ser feito ainda nesta segunda-feira, lembrando que o fuso horário implica em cinco horas a mais em relação ao Brasil. Após o empate em 2 a 2 com o Coritiba, Coudet foi questionado sobre uma possível saída para a equipe espanhola e desconversou. “Focamos no que foi o jogo. É um clube no qual joguei e conheço bem, mais que isso não posso dizer nada. Não (teve proposta), porque o Celta tem treinador”, afirmou.
Porém, na manhã desta segunda-feira, o clube espanhol oficializou a saída do técnico Óscar García, o que abriria espaço para a ida de Coudet para a Europa. Chacho já teria avisado no domingo (8) à noite a vontade de deixar o cargo, mas a direção não concordava.
Após uma longa reunião na manhã desta segunda-feira no Beira-Rio, Coudet voltou a reforçar o desejo de sair e o assuntou passou a ser a multa rescisória que deve ser paga. O valor é um pouco alto e o clube espanhol desejava negociar, porém o Inter não abriu mão. Como tem contrato até final de 2021, a multa base a ser paga seria de US$ 2,5 milhões (R$ 14 milhões). Entretanto esse valor é alterado com o passar do tempo de contrato. Neste momento, seria cerca de R$ 9 milhões.
Ir para o mercado em meio a três campeonatos e com as eleições marcadas para dezembro inviabilizaram que a direção colorada fosse atrás de treinadores para longos projetos. Com isso, um nome que aceitaria o convite para treinar o líder do Brasileirão e a equipe classificada às oitavas de final da Libertadores e nas quartas da Copa do Brasil seria Abel Braga.
Abelão é amigo do presidente Marcelo Medeiros, além de ter um histórico no Beira-Rio. Campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2006, o treinador vem de duas passagens por outros clubes sem muito sucesso. Na primeira, tentou livrar o Cruzeiro da Série B, mas acabou saindo após 14 jogos, em setembro de 2019. Depois acertou com o Vasco em dezembro, mas pediu para sair em março, após 14 jogos à frente do clube carioca.
Comentários CORRIGIR TEXTO