Porto Alegre, quarta-feira, 09 de junho de 2021.
Dia do Porteiro. Dia do Tenista.
Porto Alegre,
quarta-feira, 09 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 14h06min, 09/06/2021.

Porto Alegre já vacinou metade da população adulta com primeira dose contra Covid-19

Vacinômetro da Capital aponta que mais de 50% das pessoas com mais de 18 anos receberam a 1ª dose

Vacinômetro da Capital aponta que mais de 50% das pessoas com mais de 18 anos receberam a 1ª dose


CRISTINE ROCHOL/PMPA/JC
Diego Nuñez
A Capital gaúcha atingiu nesta quarta-feira (9) a marca de metade da população vacinável tendo recebido pelo menos a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Segundo os últimos dados do Vacinômetro disponibilizado pela prefeitura, 552.157 pessoas acima de 18 anos receberam a vacina – número que representa 50,3% da população adulta residente na Capital, estimada em 1.103.717 pessoas.
A Capital gaúcha atingiu nesta quarta-feira (9) a marca de metade da população vacinável tendo recebido pelo menos a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Segundo os últimos dados do Vacinômetro disponibilizado pela prefeitura, 552.157 pessoas acima de 18 anos receberam a vacina – número que representa 50,3% da população adulta residente na Capital, estimada em 1.103.717 pessoas.
Ao todo, foram aplicadas 869.681 vacinas contra a Covid-19 na Capital, sendo 317.524 segundas doses. Ou seja, 28,77% das pessoas com mais de 18 anos receberam a imunização completa, com ambas as doses, contra o novo coronavírus. Para as vacinas atualmente aplicadas no País, a imunização completa necessita de duas doses.
Conforme dados da prefeitura, a vacinação dos grupos prioritários tem sido efetiva em Porto Alegre até agora. Recebendo também moradores de demais cidades do Estado, a Saúde da Capital aponta uma taxa de mais de 100% de cobertura vacinal com a primeira dose de pessoas com mais de 60 anos, idosos acamados, pessoas com deficiência, profissionais da segurança, pessoas com comorbidades e profissionais da educação.
Profissionais da saúde, indígenas e quilombolas estão na faixa dos 97% da população vacinada com ao menos uma das duas doses necessárias para a imunização completa.
Nesta quarta-feira (9), iniciou-se a vacinação de pessoas com 56 anos ou mais, além dos profissionais da educação de nível médio e profissionalizante da rede privada de ensino. O imunizante disponível para estes públicos é o da AstraZeneca.
Na tarde desta terça (8), um novo lote de vacinas para primeira dose da Pfizer chegou ao Estado. Ainda são aguardadas mais 219,5 mil doses de vacinas da Astrazeneca, conforme anunciado pelo Ministério da Saúde.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário