Porto Alegre, terça-feira, 04 de maio de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 04 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 20h11min, 03/05/2021. Atualizada em 08h16min, 04/05/2021.

Remessa da Coronavac no RS permitirá vacinar 97% de idosos com segunda dose

Total de idosos gaúchos a serem 100% imunizados chegará a 97%

Total de idosos gaúchos a serem 100% imunizados chegará a 97%


CRISTINE ROCHOL/PMPA/JC
Em falta em todo o Brasil para aplicação da segunda dose em idosos, o imunizante Coronavac, produzido pelo Instituto Butantan, começa a ser distribuído, aos poucos, para algumas regiões. Nesta terça-feira (4), após anúncio de que mais da metade das capitais está com escassez da vacina, o Rio Grande do Sul se prepara para repassar aos municípios 31.780 novas doses que chegaram no sábado (1), e permitirão completar o esquema vacinal de 97% do público que recebeu a primeira aplicação em 20 de março.
Em falta em todo o Brasil para aplicação da segunda dose em idosos, o imunizante Coronavac, produzido pelo Instituto Butantan, começa a ser distribuído, aos poucos, para algumas regiões. Nesta terça-feira (4), após anúncio de que mais da metade das capitais está com escassez da vacina, o Rio Grande do Sul se prepara para repassar aos municípios 31.780 novas doses que chegaram no sábado (1), e permitirão completar o esquema vacinal de 97% do público que recebeu a primeira aplicação em 20 de março.
Dessa forma, as vacinas Coronavac serão totalmente destinadas à segunda dose dos gaúchos que fizeram a primeira aplicação há 28 dias ou mais. O lote será distribuído às 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) do Estado e a municípios próximos da Capital ao longo desta terça.
Com remessas também de imunizantes da Astrazeneca e Pfizer, o RS soma mais de 523 mil novas doses de vacinas a serem distribuídas. O contingente permitirá ainda a ampliação da proteção contra a Covid-19 a pessoas portadoras de comorbidades, que atingirá o grupo incluído na fase 2 para esse público, que engloba gestantes e puérperas maiores de 18 anos, portadores de comorbidades de 40 a 53 anos, e pessoas de 40 a 54 anos com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC).
As doses da Pfizer, que desembarcam à noite no Estado, serão exclusivamente distribuídas para a campanha de imunização de Porto Alegre.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário