Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Aviação

- Publicada em 13h43min, 25/09/2020. Atualizada em 14h06min, 25/09/2020.

TAP pode ser primeira a reativar voos internacionais no Aeroporto de Porto Alegre

TAP começou a operar a ligação Porto Alegre e Lisboa, com voo direto, em junho de 2011

TAP começou a operar a ligação Porto Alegre e Lisboa, com voo direto, em junho de 2011


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Patrícia Comunello
A portuguesa TAP pode ser a primeira companhia aérea a reativar voos para o exterior no Aeroporto de Porto Alegre. A liberação para este tráfego, que não ocorre desde abril devido à pandemia, foi oficializada em portaria do governo federal.
A portuguesa TAP pode ser a primeira companhia aérea a reativar voos para o exterior no Aeroporto de Porto Alegre. A liberação para este tráfego, que não ocorre desde abril devido à pandemia, foi oficializada em portaria do governo federal.
A data do primeiro voo seria, segundo a concessionária Fraport Brasil, 22 de outubro, mas a TAP informou nessa quinta-feira (24) que aguardava a oficialização da nova regra para verificar como seria a efetivação da nova orientação para ativar a oferta do voo entre Porto Alegre e Lisboa.
A notícia de que haveria a remoção da restrição foi dada pelo governo gaúcho nessa quinta-feira (24), após tratativas com a Casa Civil do governo federal. A nova portaria, a 456, de 24 de setembro de 2020, foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).
A TAP começou a voar no trecho ligando a Capital gaúcha e Lisboa em junho de 2011. A restrição em Porto Alegre foi imposta em julho por portaria emitida pela Casa Civil, atingindo outros complexos aeroportuários no Brasil, mas nenhum com a relevância do situado no Rio Grande do Sul. Antes disso, a restrição era devido ao auge da pandemia e afetou toda a malha.
O governo estadual tentou remover a proibição indo ao STF, mas não obteve liminar pedida. 
A companhia mantém voos hoje nos terminais em Guarulhos, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador e Brasília, que vêm sendo retomados mês a mês.

Não basta comprar bilhetes para viajar a Lisboa

Mesmo que seja liberada a venda de bilhetes para os voos da companhia portuguesa, os candidatos a ter assentos na rota terão de atender às exigências para viajar aos países europeus, emitidas pela União Europeia (UE). 
No caso do Brasil, cidadãos portugueses podem viajar, brasileiros que também têm cidadania europeia, como descendentes de italianos no Rio Grande do Sul, e pessoas que possuem residência fixa no país europeu - muitos brasileiros compraram imóveis nos anos recentes em Portugal, incluindo gaúchos. 
Outras situações possíveis são viagens de negócios, para estudos e saúde. Nestes casos, é preciso fazer toda comprovação para a companhia, observando requisitos das recomendações da UE. 
Todos os passageiros para embarcar precisam apresentar teste negativo de RT-PCR, que detecta o vírus ativo do novo coronavírus, com até 72 horas de realização.  
Em muitos aeroportos onde já pode ter embarque nos voos da TAP, é grande o número de pessoas com bilhetes comprados que não conseguem embarcar porque não atendem às exigências.  
Comentários CORRIGIR TEXTO