Porto Alegre, segunda-feira, 01 de fevereiro de 2021.
Dia do Publicitário.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 01 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

literatura

- Publicada em 09h07min, 01/02/2021.

Instituto Moreira Salles promove debate sobre Erico Verissimo

Legado do escritor é debatido em live 'Diálogo com o contemporâneo' nesta segunda-feira (1)

Legado do escritor é debatido em live 'Diálogo com o contemporâneo' nesta segunda-feira (1)


ACERVO LITERÁRIO IMS/DIVULGAÇÃO/JC
Nesta segunda-feira (1), o escritor porto-alegrense Paulo Scott e o cronista do jornal Rascunho Itamar Vieira Junior debatem a influência e o legado do romancista, tradutor e contista Erico Verissimo (1905-1975) na live Diálogo com o contemporâneo. A conversa faz parte da quinta edição da iniciativa Tempo de Erico, evento promovido pelo Instituto Moreira Salles (IMS).
Nesta segunda-feira (1), o escritor porto-alegrense Paulo Scott e o cronista do jornal Rascunho Itamar Vieira Junior debatem a influência e o legado do romancista, tradutor e contista Erico Verissimo (1905-1975) na live Diálogo com o contemporâneo. A conversa faz parte da quinta edição da iniciativa Tempo de Erico, evento promovido pelo Instituto Moreira Salles (IMS).
A transmissão gratuita pelo Facebook e YouTube do IMS começa às 18h. No bate-papo, os convidados falarão sobre seus próprios romances e os diálogos possíveis com a obra de Verissimo. A mediação será de Elizama Almeida, assistente cultural do departamento de Literatura do IMS.
Doutor em estudos étnicos e africanos, Itamar Vieira é autor dos livros A oração do carrasco (2017) e Torto arado (2019), vencedor dos prêmios Jabuti e Oceanos em 2020.
Professor universitário, Paulo Scott já lançou obras de poesia e prosa, entre elas os romances Habitante irreal (2012) e Marrom e amarelo (2019), vencedor do Prêmio Açorianos de Literatura de 2020. 
Organizado pelo Instituto Moreira Salles desde 2017, Tempo de Erico celebra o legado do autor gaúcho, consagrado por livros como Olhai os lírios do campo, Incidente em Antares e a trilogia O tempo e o vento. A programação anual também tem o objetivo de difundir o acervo do escritor, que chegou ao IMS em 2009, sendo composto por biblioteca, manuscritos, documentos, correspondências e fotografias, entre outros itens.
Comentários CORRIGIR TEXTO