Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Minuto Varejo

- Publicada em 12 de Setembro de 2021 às 20:37

Quero-Quero vai criar a 'verdadeira loja figital' com live commerce

Filiais vão ter telões para clientes escolherem produtos com apoio do vendedor e de lives

Filiais vão ter telões para clientes escolherem produtos com apoio do vendedor e de lives


PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
Patrícia Comunello
A rede Quero-Quero está prestes a estrear um novo conceito de loja. "É o que chamamos de verdadeiramente figital", definiu o CEO da varejista, Peter Furukawa, usando a palavra que une físico e digital e revelando a nova aposta da rede gaúcha, com quase 450 filiais na Região Sul e a primeira no Mato Grosso do Sul, em Dourados, recém aberta.
A rede Quero-Quero está prestes a estrear um novo conceito de loja. "É o que chamamos de verdadeiramente figital", definiu o CEO da varejista, Peter Furukawa, usando a palavra que une físico e digital e revelando a nova aposta da rede gaúcha, com quase 450 filiais na Região Sul e a primeira no Mato Grosso do Sul, em Dourados, recém aberta.
"Não vi ninguém fazendo. Um especialista de varejo me disse que é bem disruptivo."

VÍDEO: Minuto Varejo Entrevista, com CEO da Quero-Quero

Mas voltando ao figital: a Quero-Quero vai expandir a capacidade de oferta de produtos sem aumentar espaço físico e nem prateleira. Só com tecnologia. Telas serão instaladas dentro das lojas para o cliente, com ajuda do vendedor, escolher o produto que tem no estoque do centro de distribuição ou outro ponto físico. "Ele compra e depois vai retirar na cidade ou receber em casa". 
"A nossa proposta é que uma loja com 4 mil itens terá 30 mil. É diferente de comprar por um site. Se tiver um problema, o vendedor vai estar ali para ajudar", compara, definindo o modelo como de relacionamento. Os vendedores que vão atuar no 'figital' terão comissão. Furukawa acredita que o formato é uma evolução do que se faz pelo WhatsApp, que aproxima vendedor e cliente fora do ponto.
E as lives commerce, com demonstração dos produtos e que explodiram em mercados como o chinês e prometem ser a febre na Black Friday?
"Vamos fazer. As pessoas podem participar dos vídeos ao vivo via celular, mas queremos que elas venham para a nossa loja", avisa. O plano já está desenhado: 60 lojas na Serra Gaúcha e até Lajeado serão as primeiras a ter os recursos até dezembro. Para isso, o investimento será de R$ 20 milhões em estoque e R$ 10 milhões em tecnologia e equipamentos. 
"Vamos experimentar, aprender e refinar para depois lançar para toda a rede", explica o CEO. Até o fim de 2022, as quase 550 filiais da rede, seguindo a expansão física, terão o modelo. "Falei aos nossos acionistas que pode dar certo e pode não dar." Se der, será mais uma fonte de lucratividade da rede de capital aberto, que tem sido sustentada por novas lojas. "Não estamos em um negócio de abrir loja, mas de ganhar dinheiro."

No Ponto

Nova filial da rede será aberta na avenida Protásio Alves e há mais quatro previstas no interior

Nova filial da rede será aberta na avenida Protásio Alves e há mais quatro previstas no interior


PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
Uma nova loja da Americanas está a caminho em Porto Alegre e estreia em setembro. Será uma Americanas Express, com montagem na reta final na avenida Protásio Alves, onde foi um supermercado Dia, que saiu do Estado em 2020. "Nos próximos meses" virão mais filiais da rede de departamento em Pelotas, Três Coroas, Estância Velha e Rio Grande, informa a Americanas, com 60 unidades em cidades gaúchas. 
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/10/206x137/1_divulgacao_wine_002-9414207.jpeg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'613bed6f0a769', 'cd_midia':9414207, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/10/divulgacao_wine_002-9414207.jpeg', 'ds_midia': 'Wines By Somm abriu primeira unidade no Praia de Belas', 'ds_midia_credi': 'SHOPPING PRAIA DE BELAS/DIVULGAÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Wines By Somm abriu primeira unidade no Praia de Belas', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
A Wines By Somm abriu no 2º piso do Shopping Praia de Belas, na Capital. A unidade é a primeira fora da Stop Express Armazém, do sommelier Renato Lamotte, situada na Zona Sul. O modelo no Praia segue o das pop up stores, que pode ter curta duração. Nos 38m², há vinhos, espumantes, mix de nuts e castanhas, queijos e uma tabacaria com charutos nacionais e importados e aposta de experiência para o consumidor.
A primeira loja física da Kids Top já funciona em 194 m² do I Fashion Outlet Novo Hamburgo, no Km 236 da BR-116. A loja vende marcas como Brandili, Elian, Malwee Kids, Kyly e Alakazoo. O outlet, do grupo Iguatemi, soma 75 lojas com descontos de 30% a 70%.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/10/206x137/1_a8fe1171_70f7_4aac_9b40_11aa83c4ff4d-9414192.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'613be4fe953e7', 'cd_midia':9414192, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/10/a8fe1171_70f7_4aac_9b40_11aa83c4ff4d-9414192.jpg', 'ds_midia': 'Livraria Santos - BarraShoppingSul - tapume anuncia a operação - mercado editorial - livros ', 'ds_midia_credi': 'LUCIANE MEDEIROS/ESPECIAL/JC ', 'ds_midia_titlo': 'Livraria Santos - BarraShoppingSul - tapume anuncia a operação - mercado editorial - livros ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '516', 'align': 'Left'}
Tapume e nota no site anunciam para breve nova filial da porto-alegrense Livraria Santos no nível Jockey Club, do BarraShoppingSul. A livraria com marca que é um peixinho está em shoppings de Cachoeirinha, Canoas, Capão da Canoa, Gravataí, Passo Fundo, Santa Maria, Canoas e da Capital.
 

Super Comitê

'Vamos ouvir o comitê para direcionar as políticas da área', explica Rodrigo Lorenzoni

'Vamos ouvir o comitê para direcionar as políticas da área', explica Rodrigo Lorenzoni


LUIZA PRADO/JC
Em 29 de setembro, o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, assina decreto que cria o Comitê Municipal de Desenvolvimento Econômico. O órgão consultivo deve reunir cerca de 50 entidades, além de personalidades da cena empresarial, adianta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Lorenzoni.
"Vamos ouvir o comitê para direcionar as políticas da área", explica. Na primeira reunião, a equipe de Lorenzoni vai apresentar um diagnóstico da posição da Capital em rankings de competitividade, com foco nas piores e como melhorar as posições. "Quem quer investir aqui está olhando para esses indicadores", justifica.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO