Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de maio de 2018.
Dia da Saúde.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Saúde

Notícia da edição impressa de 29/05/2018. Alterada em 28/05 às 22h47min

Santa Maria tem 460 casos confirmados de toxoplasmose

No intervalo de uma semana, o número de casos confirmados de toxoplasmose em Santa Maria subiu 30,6% - de 352 para 460. O número foi confirmado na semana passada pelo governo do Estado e pela prefeitura da cidade. No total, foram 1.116 casos notificados, dos quais 140 foram descartados e 116 seguem em investigação.
A maioria das pessoas contaminadas são mulheres (65,4%) de 20 a 39 anos. A idade média entre os diagnosticados é de 34 anos, sendo que o mais novo tem apenas 48 dias, e o mais velho, 84 anos. Os bairros onde há mais casos são o Tancredo Neves, com 22,4% (103), seguido dos bairros Parque Pinheiro Machado, com 11,1% dos casos (51), e Urlândia, com 9,6% dos casos (44).
O surto já causou a morte de dois fetos, um de 36 semanas e o outro de 28. Também provocou dois abortos, um com 14 semanas e o outro com 15. Há, ainda, um aborto cuja causa está sendo investigada.
Ainda não se sabe a causa do surto. Na semana passada, um questionário detalhado sobre o perfil de cada morador contaminado passou a ser aplicado, a fim de identificar a origem da toxoplasma. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia