Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

acontece

Notícia da edição impressa de 24/04/2018. Alterada em 23/04 às 17h00min

Abre em Porto Alegre exposição com imagens da revolução de 1968 na França

Mostra apresenta fotografias dos movimentos estudantis franceses em maio de 68

Mostra apresenta fotografias dos movimentos estudantis franceses em maio de 68


ALIANÇA FRANCESA/DIVULGAÇÃO/JC
Abre nesta terça-feira (24) a exposição Au Coeur de Mai 68, que lembra os 50 anos dos eventos ocorridos na França. A mostra é composta por fotografias de Philippe Gras acompanhadas por um filme de Dominique Beaux, ambos artistas franceses. A visitação pode ser feita até 15 de maio de 2018, de terça-feira a domingo, das 9h às 21h, aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h, na Cinemateca Capitólio Petrobras (Demétrio Ribeiro, 1.085), com entrada franca.
Maio de 1968 representou o auge de um momento histórico de intensas transformações políticas, culturais e comportamentais. Na França, o estopim da agitação foi o fechamento da Universidade de Nanterre, o que desencadeou confrontos violentos de estudantes com a polícia, em diversas universidades de países da Europa e das Américas.
Paralelamente à exposição, a Aliança Francesa e a Cinemateca promovem o ciclo de cinema Destrua-se - Maio de 1968, que apresenta obras de diretores como Jean-Luc Godard, Chris Marker e Philippe Garrel. A programação se completa em 12 de maio com uma edição do Débats d'idées sobre o movimento, com o artista Michael Chapman e o diretor de cinema Renato Coelho. Mediado por Roger Lerina, o evento, às 19h30min, é aberto ao público.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia