Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 27 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 27/04/2018. Alterada em 26/04 às 20h48min

Aeromóvel

Estou de acordo com o senhor Marcus Coester, diretor da Aeromóvel Brasil (coluna Frases e Personagens, Jornal do Comércio, edição de 26/04/2018). Entretanto esse tema já está debatido há muito tempo, inclusive há uma comissão para viabilizar esse projeto, que poderá resolver os problemas viários e colocar Porto Alegre como uma cidade moderna e boa qualidade no transporte coletivo. Se já existem interessados em participar como parceria público-privada, porque a demora em agilizar esse tema? (Ramiro Nunes de Almeida Filho, representante comercial)
Moro e o TRF-4
Alexandre Dumas foi um romancista que criou Os Três Mosqueteiros, em 1844, baseando sua obra no século XVII nos reinados de Luís XIII e Luís XIV, em que D'Artagnan chefiava a guarda real com seus amigos Athos, Phortos e Aramis, tendo como inimigo principal o maquiavélico cardeal Richelieu, arquiteto do absolutismo. O juiz Sérgio Moro - titular da 13ª Vara Federal em Curitiba - teve sua sentença (de Luiz Inácio Lula da Silva) confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de nove anos e seis meses, aumentada para 12 anos e um mês em regime fechado. Num exercício de ficção, o juiz Sérgio Moro seria o D'Artagnan e os desembargadores da 8ª turma do TRF-4, João Pedro Gebran, Leandro Paulsen e Victos Luiz Laus, seriam Athos, Phortos e Aramis. Embora jovens, com menos de 50 anos de idade, são magistrados com mais de 20 anos de jurisdição. No início de abril de 2018, o juiz Sérgio Moro determinou a prisão do ex-presidente. A partir da condenação em primeira instância existe a culpa. No entanto, tem gente graúda fazendo muita confusão, além de ideologizar a esquerdopatia. (Edgar Granata, advogado)
Eleições
Engana-se quem pensa que Joaquim Barbosa (PSB), se eleito, será o primeiro presidente negro do Brasil. Antes dele, Nilo Peçanha, que era negro, já havia assumido a presidência com o falecimento do presidente Afonso Pena, na República Velha. Mas não foi o primeiro negro eleito, dirão. Pois bem, já tivemos eleitos o primeiro presidente jovem e a primeira mulher, e ambos sofreram impeachment. Agora pretende-se que venha o primeiro negro. Poupem os negros. (Manoel Mello Mattos)
Área de preservação
Sou morador do condomínio Terra Nature, na Bento Gonçalves, 1.515, em Porto Alegre. Como é sabido, a Capital foi sacudida por um temporal fortíssimo, em janeiro de 2016, que derrubou muitas árvores, inclusive na área de preservação ambiental do Terra Nature, que tem centenas de apartamentos. Por isso, toda a área de vegetação e a piscina (?) do condomínio foram interditadas. Passados mais de dois anos, nem a Fepam, nem a então Smam deram solução. Continuamos pagando um alto condomínio para usufruir de algo que nos está proibido. Até quando? (Rodrigo Bernardes)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 27/04/2018 09h09min
POETIZANDO SOBRE O NOSSO BRASIL!!!nnSe a eleição fosse hoje, seria uma comida tipo sem tempero e sal.nQuem está querendo entrar não é o cara e coisa e tal.nImagine se esta Lava Jato também perca a sua força e o seu mandato. O Lula até poderá ser solto saindo sorrindo lá do calabouço. Mesmo preso Ele continua sendo o melhor para o POVO.nDeus sabe o que faz, e nada contra quem é bem melhor.nO que sei é que sem Ele no comando o Brasil ficou pior.nAs leis que deveriam funcionar protegem sempre o rico.nO grande assalariado rala tanto e é sempre prejudicado.nEu sou deste time que não é patrão, mas dependo da honestidade dele. Sei que muitos já nasceram em berço cheinho de ouro.nNa casa de pobre ter saúde, luz, água, leite, café, feijão, arroz é um tesouro. O Brasil somente com Deus, Igreja, POVO, saúde, educação, segurança, trabalho, etc. seria o ideal. Mesmo sem rimar falo que não existe cadeia produtiva de ótimos políticos, bandidos e empresários sem dívidas com o governo. A engrenagem do Pau Brasil desde Cabral precisa deles para aquecer a economia. Tenho vergonha de ser Brasileiro, preferia ser um pouco USA Americano.nLá a justiça funciona em todas as classes sociais e sem dó.nAqui sempre tem um jeitinho tri maneiro que faz a lei virar pó.nNunca fui rico, mas acredito que ser pobre, é um tantão muito pior.nFalta muita igualdade social, e o pior é que o povo vota e tenta.nÉ triste escolher no voto obrigatório quem sempre não lhe representa. Depois o tiro sai devagarzinho pela Guaiaca bem recheada. De decepções por ter escolhido mais uma vez seu político tri viciado. Que durante o seu mandato cheirava o DIN DIN desviado. O Brasil precisa recomeçar novamente bem da estaca zero. Estou cansado de ver ser privilegiado o que não está correto.nA minha consciência está bem tranqüila, que até sou Colorado.nQuem é tri Gaúcho, Brasileiro, Sul Americano viverá sempre muito tenso. Quem está lá para governar, primeiro verá o seu lado e depois dos secretariados. Se eu morrer hoje, ou amanhã tanto faz, porque sou do POVO, estou abençoado por DEUS e tremendamente propenso. Amém!!! Abs. Dorian Bueno, POA, 27.04.2018nnn