Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

CONSUMO

Notícia da edição impressa de 29/03/2018. Alterada em 29/03 às 00h15min

Confiança do comércio é a maior desde abril de 2014

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio, medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), subiu 2,1% de fevereiro para março e atingiu 114,5 pontos em uma escala de zero a 200. Esse é o maior patamar do indicador desde abril de 2014.
O resultado ocorre, principalmente, por conta da melhora de 4,5% na avaliação das condições atuais pelos comerciantes, apesar de ainda situar-se na zona negativa. Apesar disso, o subíndice das condições atuais ficou em 92,9 pontos, ainda em uma zona negativa (abaixo de 100 pontos).
As expectativas dos comerciantes no curto prazo são as maiores desde dezembro de 2013, já que, com um aumento de 1%, chegaram ao patamar de 155,6 pontos.
O subíndice que mede as intenções de investimento do comércio teve leve aumento mensal de 0,8%, com destaque para o aumento da intenção de contratação de funcionários (1,4%).
Na comparação com março do ano passado, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio acusou aumento de 14,6% em razão da alta de 36,2% nas condições atuais, de 5,4% nas expectativas e de 13,2% nas intenções de investimento.
Segundo a entidade, a avaliação mais positiva dos varejistas deve-se à recuperação do comércio, que se baseia, principalmente, no consumo, aliada à manutenção do cenário favorável de inflação e melhores condições de crédito.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia