Porto Alegre, sexta-feira, 02 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Abertura do Ano Judiciário de 2018 tem discurso incisivo de Cármen Lúcia

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia (c), fez um discurso incisivo durante a solenidade de abertura do Ano Judiciário, nesta quinta-feira (1º). Ela condenou o que chamou de maus exemplos e disse ser inaceitável agressões à Justiça. "A nós, servidores públicos, o acatamento irrestrito à lei impõe-se como dever acima de qualquer outro. Constitui mau exemplo para o cidadão. E mau exemplo contamina e compromete", disse a ministra. Na cerimônia, além dos ministros do STF e de outras figuras do mundo jurídico, havia também alguns investigados na Operação Lava-Jato, como o presidente da República, Michel Temer (PMDB), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Após seu discurso, Cármen Lúcia foi elogiada pelos colegas na defesa do cumprimento das decisões da Justiça. Além dela, também discursaram a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o presidente da Ordem dos Advogados, Claudio Lamachia.
 

FOTO Jane de Araújo/Agência Senado/JC