Porto Alegre, quarta-feira, 01 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Sem salário, funcionários do Theatro Municipal fazem protesto artístico no Rio

Centenas de pessoas se mobilizaram, nesta terça-feira (31), em um protesto artístico contra o atraso dos salários dos funcionários do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. O coro, o balé e a orquestra sinfônica da instituição chamaram a atenção de quem passava pelo local, com um repertório variado, que foi do clássico ao samba. O ato foi realizado na escadaria do teatro e contou com apresentação de artistas como a bailarina Deborah Ribeiro (foto). Inaugurado em 1909, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro tem cerca de 550 funcionários. Atualmente, é vinculado à Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e sofre os impactos da crise financeira que atinge o governo estadual. No dia 9 de maio, os funcionários já haviam realizado uma manifestação semelhante. Na ocasião, conseguiram receber os salários devidos de 2017. Mas o 13º de 2016 continuou pendente e os pagamentos dos meses seguintes voltaram a atrasar.
 

FOTO MAURO PIMENTEL/AFP/JC
01/11/2017 - 19h53min