Porto Alegre, segunda-feira, 25 de setembro de 2017. Atualizado às 21h20.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Merkel vai ao quarto mandato na Alemanha

O partido da chanceler alemã, Angela Merkel, teve vitória agridoce nas eleições de domingo (24), marcadas pela ascensão da direita nacionalista. Ela mantém cargo de chanceler, mas com menos cadeiras e com um Parlamento mais fracionado do que o atual. A CDU (União Democrata-Cristã) recebeu 32,9% dos votos, cerca de oito pontos abaixo do obtido nas últimas eleições, em 2013, de acordo com o Infratest Dimap. Seu rival, o SPD (Partido Social-Democrata) de Martin Schulz, registrou 20,5%, percentual, que é o seu pior resultado na história. Ambos governam atualmente em coalizão. "Naturalmente, esperávamos um resultado melhor", disse Merkel durante a festa da vitória na sede do partido, em Berlim. "Mas nós temos a tarefa de formar um governo, e contra nós nenhum governo poderá ser formado."
 

FOTO TOBIAS SCHWARZ/afp/jc