Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 31 de agosto de 2017. Atualizado às 10h03.

Jornal do Comércio

Expointer 2017

COMENTAR | CORRIGIR

Agricultura Familiar

Notícia da edição impressa de 31/08/2017. Alterada em 31/08 às 10h05min

Expointer pode ter pavilhão de orgânicos

Presidente do Legislativo participou do programa Leite com Café

Presidente do Legislativo participou do programa Leite com Café


JONATHAN HECKLER/JONATHAN HECKLER/JC
O presidente da Assembleia Legislativa, Edegar Pretto (PT), com berço político nos movimentos de pequenos agricultores, propôs, ao falar ao programa de webvídeo Leite com Café, na Casa JC, a construção de um pavilhão exclusivo para produtos orgânicos. A solução também atenderia, diz ele, à antiga reivindicação de erguer uma segunda estrutura, que já teria até recursos do governo federal. A atual área está com capacidade esgotada. "Muitos produtores vão embora antes, pois esgotam seus produtos. Mais espaço aumentaria a diversidade de itens", destaca.
Pretto lembra que a expansão do mercado de orgânicos atende à maior exigência dos consumidor. "O consumidor quer saber a origem dos produtos, e muitos agricultores migram para este tipo de cultivo." O peso hoje do pavilhão nos negócios da feira é valorizado pelo deputado. "A agricultura familiar serviu para democratizar os espaços, trouxe com ela máquinas." Pretto lembrou que foi o ex-governador Olívio Dutra (PT-1999-2002) que abriu espaço. "Eram três barracas de lona preta instaladas em 1999, depois só cresceu. As pessoas querem comprar produtos com sabor da colônia", justifica.
Sobre o cenário político, Pretto observou o desafio que foi assumir a direção da Casa, no rodízio de partidos. "Muita gente imaginava que o Edegar Pretto na presidência iria virar uma grande confusão, um grande acampamento, se enganou", comenta. No palco nacional, o deputado diz que seu candidato a presidente é Luiz Inácio Lula da Silva (PT), "até para corrigir os erros que ele e o nosso partido cometeram".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia