Porto Alegre, quinta-feira, 06 de julho de 2017. Atualizado às 22h19.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Apoiadores de Maduro invadem Parlamento venezuelano e deixam feridos

Um grupo de apoiadores do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, entrou, na última quarta-feira (5), na sede do Parlamento, que é controlado pela oposição. Deputados, seguranças e jornalistas ficaram feridos na ação. Os grupos cercaram o prédio e os deputados ficaram presos no local. A ocupação durou cerca de nove horas e o local só foi liberado de noite. Os deputados Nora Bracho, Armando Armas (no centro da foto), Américo De Grazia, Luis Padilla e José Regnault Hernández, todos da oposição foram socorridos na enfermaria, com ferimentos consideráveis. De Grazia, o mais atingido, foi levado por uma ambulância a uma clínica na região noroeste de Caracas, onde sofreu uma convulsão. Ao mesmo tempo do ataque, todo o sistema de rádio e televisão do país transmitia o desfile com que as Forças Armadas tradicionalmente homenageiam a data nacional na capital venezuelana. O evento contou com a presença do presidente Nicolás Maduro e membros de seu Governo.
 

FOTO Francisco Bruzco/AFP/JC
06/07/2017 - 22h03min