Porto Alegre, sexta-feira, 26 de maio de 2017. Atualizado às 12h41.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Ação da BM em reintegração de posse gera protesto de moradores no Morro Santana

Uma ação de reintegração de posse no Morro Santana, em área próxima à Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), gerou protesto dos moradores após ação da Brigada Militar (BM) na última quarta-feira (24). Parte das residências erguidas na Vila Alto da Colina, em área de propriedade da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), foi derrubada. Segundo o órgão, a área é de risco, e as residências teriam sido construídas há cerca de seis meses. Os moradores, no entanto, alegam que parte da comunidade está há mais de 20 anos no local. Eles também reclamam que o poder público não acena com indenização para quem tiver que deixar o terreno. A medida gerou resistência dos moradores, o que resultou em uso de gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral pela BM. Em protesto, eles fecharam trecho da avenida Antônio de Carvalho.
 

FOTO JONATHAN HECKLER/JC