Porto Alegre, quinta-feira, 04 de maio de 2017. Atualizado às 12h13.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

José Dirceu deixa a prisão sob manifestações contrárias e favoráveis

O ex-ministro José Dirceu (PT) deixou a prisão no Complexo Médico Penal, em Pinhais (PR) - Região Metropolitana de Curitiba, na quarta-feira (3), e chegou por volta das 16h30min à sede da Justiça Federal em Curitiba, onde colocou a tornozeleira eletrônica. Uma hora depois, deixou o local, sob manifestações contrárias e favoráveis a ele. Manifestantes seguravam cartazes, muitos deles reclamando do juiz Sérgio Moro. Na frente da Justiça Federal, um grupo de apoio ao ex-ministro criticava a Justiça. As polícias militar e federal fizeram um cordão de isolamento, para evitar conflitos. Os passaportes do ministro estão apreendidos pela Polícia Federal e ele não pode sair do País. Nos autos, ele constava como morador da cidade de Vinhedo (SP), mas pediu alteração de domicílio à Justiça, agora, vai para Brasília.
 

FOTO HEULER ANDREY/AFP/JC