Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de julho de 2016. Atualizado às 21h52.

Jornal do Comércio

Panorama

COMENTAR | CORRIGIR

Artes cênicas

Notícia da edição impressa de 27/07/2016. Alterada em 26/07 às 18h12min

Porto Alegre em Cena anuncia os espetáculos da edição de 2016

Espetáculo francês BiT é destaque do Porto Alegre 
em Cena

Espetáculo francês BiT é destaque do Porto Alegre em Cena


PHILIPPE GRAPPE /DIVULGAÇÃO/JC
A menos de dois meses do seu início, o Porto Alegre em Cena divulgou ontem a programação para a edição deste ano, que ocorre entre 13 e 26 de setembro. A configuração mostra uma grade mais enxuta no tempo de duração e no número de atrações. Na sua 23ª edição, serão cerca de 35 espetáculos de teatro, dança e música, em 13 espaços da Capital (de locais convencionais a bares e também ao ar livre).
Uma das principais atrações neste ano vem da França: BiT (referência direta à música eletrônica), da companhia francesa de dança de Maguy Marin. A montagem estreia sua turnê brasileira na cidade. Com boas críticas internacionais, o espetáculo reúne coreografias pulsantes e cheias de significados de um mundo hiperconectado. Maguy, bailarina e coreógrafa com mais de 40 anos de trajetória, é referência internacional em dança contemporânea, tendo recebido diversos prêmios e honrarias por suas obras.
Do Mercosul aparece um único espetáculo: o monólogo uruguaio De algún tiempo a esta parte, escrito por Max Aub, expõe as dores de uma mulher. A montagem é dirigida por Mariana Wainstein e interpretada por Gabriela Iribarren.
Neste ano, um dos focos são grupos e coletivos teatrais nacionais. O evento trará à Capital a experiência de companhias como os mineiros do Grupo Galpão (com Nós), o carioca Armazém Cia. de Teatro (com Inútil a chuva), o paulista Grupo Sobrevento (com São Manuel Bueno, Mártir) e os pernambucanos Magiluth (com O ano em que sonhamos perigosamente), entre outros.
Nomes importantes do teatro nacional desembarcarão por aqui ao longo de duas semanas. Um deles é Matheus Nachtergaele (Processo de conscerto do desejo), interpretando textos de sua mãe, Cecília, que morreu quando o ator tinha apenas três meses. Dan Stulbach (Morte acidental de um anarquista) e Debora Bloch (Os realistas) também estão entre os nomes com espetáculos na cidade.
Entre as montagens de destaque estão As palavras da chuva, que aborda o drama de um casal em três versões: heterossexual, homossexual masculino e homossexual feminino. O espetáculo compõe a Trilogia dos gêneros, do Teatro de Rotina, companhia paulistana dedicada à pesquisa de linguagem cênica e performática. A direção é do ator e diretor Leonardo Medeiros. Os três espetáculos são montagens do mesmo texto do norte-americano Tennessee Williams.
Igualmente diferenciada é a apresentação Nós, do grupo Galpão, na qual amigos se reúnem para uma última refeição conjunta, uma grande sopa, que é realmente preparada ao longo da peça, em tempo real, no palco do Theatro São Pedro. Além do espetáculo de dança Saudade de mim, que cria um roteiro que integra obras de Chico Buarque e Cândido Portinari. Esse é o mais recente espetáculo do diretor e coreógrafo Alex Neoral.
Também estão na grade 10 encenações de grupos da Capital, que disputam o Prêmio Braskem, escolhidas entre mais de 70 candidatas. Ainda ocorrerão cerca de 20 atividades paralelas, oficinas e workshops, com capacidade para receber próximo de 800 pessoas. Nesta edição, a madrinha do evento é Inês Marocco, diretora de espetáculos, pedagoga e pesquisadora gaúcha. Na coleção Gaúchos Em Cena, Zeca Kiechaloski escreve sobre Luiz Paulo Vasconcellos.
O Porto Alegre em Cena é uma realização da prefeitura de Porto Alegre por meio da Secretaria Municipal de Cultura, com coordenação-geral de Luciano Alabarse. A pré-venda de ingressos de peças selecionadas da programação começa dia 1 de agosto no site www.ingressospoaemcena.com.br e na loja Myticket do Moinhos de Vento (rua Padre Chagas, 327, loja 6). Já no link http://www.portoalegreemcena.com está a programação completa, com os horários e preços. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia