Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de julho de 2016. Atualizado às 20h20.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

26/07/2016 - 20h20min. Alterada em 26/07 às 20h20min

Dólar tem movimento misto na véspera da decisão de política monetária do Fed

O dólar teve um movimento misto nesta terça-feira (26), subindo ante o euro, mas apresentando queda acentuada ante o iene, na véspera da decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).
Próximo do horário de fechamento das bolsas de Nova Iorque, o dólar caía a 104,64 ienes, de 105,80 ienes de ontem. Já o euro recuava a US$ 1,0989, de US$ 1,0992.
De acordo com o estrategista de câmbio Kit Juckes, do Société Generale, o movimento de hoje foi uma realização dos lucros, já que o dólar estava se aproximando do seu maior nível em quatro meses.
Ainda assim, o mercado acredita que o Fed está mais propenso a elevar as taxas de juros dos EUA nos próximos meses, motivado por dados fortes da economia norte-americana. Apesar de uma mudança nos juros amanhã ser improvável, os investidores já colocaram 26% de probabilidade de aperto monetário em setembro.
Taxas mais elevadas ajudam o dólar, uma vez que tornam a moeda mais atrativa para os investidores que buscam retorno em juros.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia