Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Política

- Publicada em 23 de Junho de 2022 às 21:30

PSDB formaliza convite para aliança com MDB

Fábio Branco (2º à dir.) recebeu a visita das lideranças tucanas

Fábio Branco (2º à dir.) recebeu a visita das lideranças tucanas


/CARLA GARCIA/DIVULGAÇÃO/JC
Agências
O MDB do Rio Grande do Sul recebeu oficialmente, nesta quinta-feira, do PSDB gaúcho a formalização do convite para que os emedebistas unam forças com a legenda no pleito deste ano, que tem como cabeça de chapa o ex-governador Eduardo Leite (PSDB). No encontro realizado na sede do MDB, o presidente estadual da sigla, Fábio Branco, recebeu a visita do presidente tucano, Lucas Redecker, do chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, e do deputado estadual Mateus Wesp.

O MDB do Rio Grande do Sul recebeu oficialmente, nesta quinta-feira, do PSDB gaúcho a formalização do convite para que os emedebistas unam forças com a legenda no pleito deste ano, que tem como cabeça de chapa o ex-governador Eduardo Leite (PSDB). No encontro realizado na sede do MDB, o presidente estadual da sigla, Fábio Branco, recebeu a visita do presidente tucano, Lucas Redecker, do chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, e do deputado estadual Mateus Wesp.

Na manifestação do PSDB, foi registrada a intenção de que os dois partidos, que já caminharam lado a lado em diversos momentos da história do Rio Grande do Sul, se aliem novamente com o objetivo de fortalecer o palanque nacional no Estado. Um dos argumentos dos tucanos é frear o acirramento da polarização política instaurada no País pelas candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). "Nos anos mais recentes, demos, emedebistas e tucanos, contribuição determinante para que o Rio Grande do Sul se afaste do populismo fiscal e se reencontrasse com o equilíbrio das contas públicas e a retomada dos investimentos", diz o oficio assinado pelo presidente Redecker.

No encontro, Fábio Branco reafirmou o projeto de candidatura própria do MDB ao governo do Estado, que tem à frente o deputado estadual Gabriel Souza, mas se comprometeu em, de forma harmoniosa, seguir dialogando com o PSDB e demais partidos que compactuam do mesmo projeto de desenvolvimento para o Rio Grande do Sul. "O MDB tem candidato, tem história, representatividade e militância. Seremos fieis a esse conjunto de fatores, mas seguiremos conversando e construindo coletivamente", destacou Branco.

O MDB disputou as dez últimas eleições para o Palácio Piratini e elegeu quatro governadores.

 

Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO