Giovanna Sommariva

Aos 28 anos, Patrícia foi eleita uma das jovens mais bem-sucedidas do País na sua área de atuação

Empreendedora de Passo Fundo recebe prêmio Forbes Under 30 e planeja internacionalização do negócio

Giovanna Sommariva

Aos 28 anos, Patrícia foi eleita uma das jovens mais bem-sucedidas do País na sua área de atuação

Com sete anos de estrada no empreendedorismo, a administradora Patrícia Turmina, um dos nomes à frente da Royal Trudel, marca de doces europeus, foi eleita uma das jovens mais bem-sucedidas na sua área pela Forbes em 2022. A empreendedora passou pelas páginas do GeraçãoE em 2018, quando ela e o irmão Luis Fernando ainda eram os únicos a trabalhar na operação que, hoje, conta com mais de 50 unidades espalhadas pelo País.
Com sete anos de estrada no empreendedorismo, a administradora Patrícia Turmina, um dos nomes à frente da Royal Trudel, marca de doces europeus, foi eleita uma das jovens mais bem-sucedidas na sua área pela Forbes em 2022. A empreendedora passou pelas páginas do GeraçãoE em 2018, quando ela e o irmão Luis Fernando ainda eram os únicos a trabalhar na operação que, hoje, conta com mais de 50 unidades espalhadas pelo País.
Natural de Passo Fundo, Patrícia lembra da importância que a passagem pelo GE teve na história do negócio e, consequentemente, na sua própria trajetória. “Foi uma das primeiras vezes que aparecemos na mídia, então dá para dizer que o Jornal do Comércio tem o seu tijolinho na história da Trudel e, também, na minha”, considera. De lá para cá, muita coisa mudou na vida dos irmãos que, na época, estavam começando o processo de franchising. “Dá para ver a cara de cansada que eu estava na foto da matéria de 2018, nós vivíamos uma rotina muito intensa, eram pouquíssimas horas de sono, sempre se dividindo entre as fábricas e as lojas”, comenta a empreendedora que, hoje, atua em uma posição mais estratégica dentro do negócio.
Apesar de muito honrada em receber o prêmio, Patrícia reforça que ainda tem muita estrada pela frente, tanto nos negócios quanto na vida pessoal. “Não podemos deixar que esse tipo de reconhecimento se torne um fim. É um meio para que a gente continue fazendo um bom trabalho, mostra que estamos na direção certa, mas não é a grande conquista, e sim um incentivo para seguir na caminhada”, define. Para este ano, o plano da dupla é dar uma pausa na expansão da marca e reformular o negócio. “Tanto eu quanto meu irmão somos muito cautelosos. Nós crescemos muito nesses anos, mas poderia ter sido muito mais rápido, não foi porque nós preferimos ir com calma, no nosso tempo”, pondera a empreendedora.
O momento, agora, é de elaborar uma nova maneira de apresentar a marca e o produto para o consumidor e, a partir daí, continuar o projeto de expansão. “O plano geral para 2023 é fortalecer a marca nas regiões que já estamos, testando alguns modelos de loja novos e, aí sim, em 2024, voltar a acelerar a expansão com novas unidades, inclusive, olhando para fora do Brasil, pois já temos essa demanda”, garante Patrícia, que espera, nos próximos cinco anos, estar concorrendo com grandes nomes do mercado como Dunkin’ Donuts e Starbucks. “Hoje em dia, são nossos concorrentes indiretos, mas a ideia é crescer internacionalmente e passar a estar no mesmo patamar dessas marcas”, projeta.
Uma das principais lições que Patrícia compartilha para quem deseja empreender, ou já empreende, é ter em mente, desde o início, quais são os planos para o futuro do negócio. “Acredito muito que gerenciar um negócio sem a pretensão de expandir exige o mesmo nível de esforço e preocupações do que gerenciar um negócio com a mentalidade de crescer. As horas e os dias que você dedica para o trabalho, as preocupações, serão as mesmas, mas trabalhando de forma mais inteligente e orientada para o crescimento”, considera a empreendedora.
Giovanna Sommariva

Giovanna Sommariva - repórter do GeraçãoE

Giovanna Sommariva

Giovanna Sommariva - repórter do GeraçãoE

Deixe um comentário


Leia também