Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Esportes

- Publicada em 05 de Maio de 2022 às 21:23

Inter fica no empate com o Guaireña e decidirá vaga nas oitavas no Beira-Rio

Wanderson foi o autor do gol de empate do Inter, que se manteve na vice-liderança do Grupo E

Wanderson foi o autor do gol de empate do Inter, que se manteve na vice-liderança do Grupo E


NORBERTO DUARTE/AFP/JC
Deivison Ávila
O resultado poderia ter sido melhor, mas o empate em 1 a 1 com o Guaireña, no Paraguai, até que foi bom na noite desta quinta-feira (5), pela Copa Sul-Americana. O ponto conquistado no Defensores del Chaco mantém a segunda colocação do Grupo E, ficando atrás do time paraguaio apenas pelo número de gols marcados (6 a 5). O Colorado volta a campo pelo torneio continental, no próximo dia 17, no Beira-Rio, contra o Independiente Medellín. No domingo, o adversário será o Juventude, em Caxias, pelo Brasileirão.
O resultado poderia ter sido melhor, mas o empate em 1 a 1 com o Guaireña, no Paraguai, até que foi bom na noite desta quinta-feira (5), pela Copa Sul-Americana. O ponto conquistado no Defensores del Chaco mantém a segunda colocação do Grupo E, ficando atrás do time paraguaio apenas pelo número de gols marcados (6 a 5). O Colorado volta a campo pelo torneio continental, no próximo dia 17, no Beira-Rio, contra o Independiente Medellín. No domingo, o adversário será o Juventude, em Caxias, pelo Brasileirão.
O técnico Mano Menezes preferiu repetir a mesma equipe que iniciou diante do Avaí, com exceção do lesionado Rodrigo Moledo. E o Inter partiu para cima desde o primeiro minuto. Logo aos dois minutos, Edenilson cobrou falta, mas a bola saiu fraca. Aos seis, após cobrança de escanteio, Alemão desperdiçou boa oportunidade. O Colorado ainda chegou com De Pena e Mercado, mas sem muito perigo ao gol de Escobar.
O Inter diminuiu o ritmo na segunda metade do primeiro tempo e deu mais espaço aos paraguaios. Aos 23, em cobrança de escanteio, Salinas desviou de cabeça a e bola passou perto da trave direita. Já aos 30, após transição rápida de Villagra, ele invadiu a área e na briga por espaço, os dois caíram dentro da área e o juiz marcou a penalidade. Otazú deslocou Daniel e abriu o placar.
Mano mudou o time para etapa final, sacando Gabriel e Maurício, e colocando Dourado e David. E as mudanças surtiram efeito. Aos três minutos, a bola chegou até David, mas Escobar se esticou todo para defender. Mas, três minutos depois, o goleiro do Guairenã não conseguiu evitar o gol: Dourado ajeitou para De Pena, que acionou Renê. O lateral cruzou para Wanderson, que bateu de chapa para deixar tudo igual. E para melhorar o cenário, no minuto seguinte, Joel Jiménez foi expulso após impedir arrancada de David.
Aos nove, quase veio a virada: De Pena cobrou falta na barreira e, no rebote, Bustos soltou a bomba para Escobar fazer uma grande defesa e salvar os paraguaios. Mesmo com um a menos, o Guaireña chegou perto do segundo. Aos 20, Salinas driblou Renê e bateu forte. Daniel, atento, espalmou. A resposta colorada veio com David que, cara a cara com Escobar, chutou em cima do goleiro.
Aos 35, Escobar salvou mais uma, dessa vez foi Dourado que se livrou da marcação, mas também chutou em cima do goleiro do Guaireña, o nome da partida. O Inter pressionou até o último minuto, mas não conseguiu a virada, mesmo tendo um homem a mais por cerca de 45 minutos.
Guaireña 1 Escobar; Aquilino Giménez, Paniagua, Nelson Ruiz (Barrios) e Joel Giménez; Santacruz (Toledo) e Aguilar; Salinas, Ayala (Cáceres) e Otazú; Villagra (Carlos Duarte). Técnico: Troadio Duarte.
Inter 1 Daniel; Bustos, Bruno Méndez, Mercado e Renê; Gabriel (Rodrigo Dourado), Mauricio (David), Edenilson, Carlos de Pena (Estevão) e Wanderson (Caio Vidal); Alemão (Wesley Moraes). Técnico: Mano Menezes.
Árbitro: Cristian Garay (CHI).
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO