Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Economia

- Publicada em 04 de Agosto de 2022 às 18:36

Volume de negócios na Construsul pode chegar a R$ 2 bilhões

No terceiro dia da feira, público lotou novamente o Centro de Eventos da Fiergs

No terceiro dia da feira, público lotou novamente o Centro de Eventos da Fiergs


Guilherme Gargioni/Divulgação/JC
Cláudio Isaias
A 23ª edição da Construsul deverá fechar com um volume de negócios entre R$ 1,9 bilhão e R$ 2,1 bilhões. A estimativa foi feita pelo diretor da Sul Eventos, responsável pela organização da Construsul, Ricardo Richter. Segundo ele, muitos negócios serão fechados após o término da feira. "Após dois anos suspensa por conta da pandemia da Covid-19, a Construsul voltou com perspectivas de excelentes negócios", ressaltou. A estimativa é de público superior a 30 mil visitantes em quatro dias de evento. A feira conta com apoio de mais de 50 entidades representativas em âmbito regional e nacional. Além da área ampla de exposição, o evento conta com a realização de cursos, seminários e palestras.
A 23ª edição da Construsul deverá fechar com um volume de negócios entre R$ 1,9 bilhão e R$ 2,1 bilhões. A estimativa foi feita pelo diretor da Sul Eventos, responsável pela organização da Construsul, Ricardo Richter. Segundo ele, muitos negócios serão fechados após o término da feira. "Após dois anos suspensa por conta da pandemia da Covid-19, a Construsul voltou com perspectivas de excelentes negócios", ressaltou. A estimativa é de público superior a 30 mil visitantes em quatro dias de evento. A feira conta com apoio de mais de 50 entidades representativas em âmbito regional e nacional. Além da área ampla de exposição, o evento conta com a realização de cursos, seminários e palestras.
O estande da IFC/COBRECOM, uma das principais fabricantes de fios e cabos elétricos de baixa tensão do País foi um dos mais visitados na feira. A empresa apresentou soluções para atender as necessidades dos lojistas e dos consumidores que necessitam de pequenas quantidades de fios e cabos elétricos como o Rolinho com cabo Flexicom Antichama 450/750 V com metragens de 15 e 25 metros e o Display Metrocom. Já o Âncora Group apresentou três marcas: Einhell Brasil, Âncora Sistemas de Fixação e Kanit. Com a Einhell Brasil, as novidades foram a linha Power X-Change, composta por ferramentas com tecnologia alemã à bateria 18 volts.
Já com a Âncora Sistemas de Fixação, os destaques ficaram com os lançamentos: a nova FGA850N, ferramenta de fixação a gás e a Ancortrat, a nova tela em fibra de vidro para tratamento de superfícies resistente a meios alcalinos. Já o Âncora Group apresentou a marca Kanit. A linha é composta por acessórios para construção civil e ferramentas manuais para o mercado nacional. Outro local bem visitado pelo público foi o estande da ASK Equipamentos Industriais que apresentou novidades da linha de equipamentos que vai desde o transporte, armazenamento, dosagem e mistura até a fabricação do concreto.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO