Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Digital

- Publicada em 25 de Janeiro de 2023 às 17:36

Campinas se inspira em modelo de articulação do Caldeira

Encontro reuniu empresários e representantes do poder público das duas cidades

Encontro reuniu empresários e representantes do poder público das duas cidades


Instituto Caldeira/Divulgação/JC
Patricia Knebel
A visita nesta quarta-feira (25) de uma comitiva da cidade de Campinas (SP) para fazer uma imersão no Instituto Caldeira, sinaliza um movimento importante para o Rio Grande do Sul. O hub de inovação, localizado no Quarto Distrito de Porto Alegre, está se tornando uma referência para o Brasil, e os passos de futuro devem, incluir, até mesmo, uma maior presença da iniciativa em outros estados.
A visita nesta quarta-feira (25) de uma comitiva da cidade de Campinas (SP) para fazer uma imersão no Instituto Caldeira, sinaliza um movimento importante para o Rio Grande do Sul. O hub de inovação, localizado no Quarto Distrito de Porto Alegre, está se tornando uma referência para o Brasil, e os passos de futuro devem, incluir, até mesmo, uma maior presença da iniciativa em outros estados.
“Viemos para conhecer o Caldeira e estamos levando para Campinas muito mais do que imaginávamos. Saíamos inspirados com essa iniciativa incrível e também de ver o que está sendo feito com a própria marca da cidade de Porto Alegre, neste trabalho conjunto entre empresários, universidades e poder público para trazer mais desenvolvimento e melhorar a vida das pessoas”, comenta a secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Campinas, Adriana Flosi.
Ela comenta que as duas cidades possuem similaridade, desde o tamanho da sua população como a presença de universidades fortes, a vocação para a inovação e a conexão com empresários.
“Também temos lá uma área degradada da cidade, que é o pátio ferroviário da antiga linha de trem e é importante termos esse exemplo daqui de como transformar isso em um espaço de inovação e cultura”, ressalta, fazendo uma referência à transformação que está acontecendo no Quarto Distrito da capital gaúcha.
A comitiva de Campinas (SP) teve a presença do prefeito da cidade, Dário Saadi e secretários e representantes empresariais. Por aqui, estiveram presentes o governador do RS, Eduardo Leite, o vice-prefeito de Porto Alegre, Ricardo Gomes, o presidente da South Summit Brasil, José Renato Hopf, e empresários como Jorge Gerdau Johannpeter.
“Estou muito orgulhoso do que está acontecendo com o Caldeira e com o Rio Grande do Sul. Temos sido cada vez mais procurados por instituições que enxergam o Caldeira como uma referência no Brasil. É um momento importante para seguirmos melhorando o ambiente empreendedor gaúcho. Que nossas façanhas sirvam de modelo para toda terra”, brinca Marciano Testa, um dos idealizadores do Caldeira e CEO do Agi, em referência ao hino gaúcho.
Para o diretor-executivo do Caldeira, Pedro Valério, o hub de inovação gaúcho tem a ambição de conectar Porto Alegre e o Rio Grande do Sul com os diferentes ecossistemas que existem no Brasil, e essa visita dos vizinhos campineiros é uma prova disso.
"A possibilidade de interagir com outras cidades, buscar sinergias e identificar oportunidades em conjunto é muito importante para que a gente possa fazer negócios que alavanquem a comunidade Caldeira e o ecossistema do Rio Grande do Sul", ressalta.
O presidente da ConfraBusiness, entidade empresarial de Campinas, Raul Maudonnet, comentou que o propósito da visita foi levar empresários campineiros ao Instituto para que o modelo executado no hub de inovação gaúcho seja replicado em Campinas.
"Somado a essa busca por um modelo similar ao do Caldeira, o poder público de Campinas também busca revitalizar uma antiga área no centro da cidade, com 200 mil m² quadrados. Vindo a dar certo a instalação de um polo de tecnologia em Campinas, será nesta área central que ele será instalado, bem como foi executado no hub de inovação de Porto Alegre", analisa.
O governador Eduardo Leite destacou a crise fiscal “violenta” vivida pelo Estado, e as lições aprendidas. “O governo teve caminhos difíceis, mas a sociedade não deixou de se empreendedora e com vocação para criar coisas novas. Quando governo consegue melhorar, essa energia e essa força aflora, com mais vigor”, destacou.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO