Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado digital

- Publicada em 23 de Novembro de 2022 às 20:46

South Summit Brazil terá investimento de R$ 25 milhões

José Renato Hopf, presidente do evento, lançou ontem a edição 2023

José Renato Hopf, presidente do evento, lançou ontem a edição 2023


TÂNIA MEINERZ/JC
Patricia Knebel
Não era ocasião nem uma euforia de momento. Depois do frenesi com a primeira edição, o momento agora com o lançamento da segunda edição do South Summit Brazil é de consolidação do que foi feito até aqui e de marcar, definitivamente, Porto Alegre e o Rio Grande do Sul no cenário internacional.
Não era ocasião nem uma euforia de momento. Depois do frenesi com a primeira edição, o momento agora com o lançamento da segunda edição do South Summit Brazil é de consolidação do que foi feito até aqui e de marcar, definitivamente, Porto Alegre e o Rio Grande do Sul no cenário internacional.
"A primeira edição foi uma loucura, e foi um baita evento, pois todo mundo abraçou para ser possível. O desafio agora é consolidar isso, e seguirmos com esse engajamento", celebrou o presidente do South Summit Brazil, José Renato Hopf.
A 4all, hub de tecnologia fundado pelo empreendedor gaúcho, liderou a vinda do evento para o País, ao lado do governo do Rio Grande do Sul, e da articulação de Eduardo Lorea.
A segunda edição do evento, que acontece de 29 a 31 de março, no Cais Mauá, em Porto Alegre, terá um investimento de R$ 25 milhões, cerca de R$ 15 milhões do governo do estado do Rio Grande do Sul, além de recursos da prefeitura de Porto Alegre e iniciativa privada.
"O South Summit Brazil é resultado de uma estratégia de mudança, de busca de novos espaços de crescimento por meio do incentivo da inovação e das startups para, assim, tornarmos o Rio Grande do Sul cada vez mais competitivo. É isso que faz esse movimento todo ter sentido", destacou Claudio Gastal, secretário de Planejamento, Governança e Gestão do RS.
Serão oito palcos e mais de 500 speakers A expectativa é dobrar o número de startups na Competição de Startups, chegando a 2 mil, e mais de 100 fundos de investimento nos pitchs finais.
Entre os palestrantes já confirmados então a Head do Global Business Solutions Latam & Brazil do TikTok, Gabriela Chaves Schwery Comazzetto, Pedro Janot, responsável por expandir a atuação da Richards, trazer a Zara ao Brasil e lançar a Azul e o CEO da Bossanova Investimentos, João Kepler.
"Tivemos uma curva de aprendizado gigantesca com a primeira edição. Nosso foco não é ter um evento maior e, sim, cada vez mais qualificado", explica o CEO do South Summit Brazil, Thiago Ribeiro.
Um dos temas que será melhor considerado em 2023, por exemplo, será a acessibilidade. O time do South Summit identificou quatro pilares de melhorias para o próximo encontro: acessibilidade, qualificação da mobilidade dos participantes, para que a experiência das pessoas seja melhor; acústica e alimentação (trocando estrutura de food trucks pela de restaurantes). Também serão disponibilizados 70 novos banheiros.

Inscrições abertas para Competição de Startups

A competição de startups é um dos grandes marcos do South Summit, que desde a fundação do evento original da Espanha, em 2012, gerou investimentos 10 bilhões de euros nas startups participantes e finalistas da competição e muitas delas tornaram-se líderes em seu setor.
A expectativa é receber em 2023 mais de 2 mil startups. As inscrições já estão abertas até dezembro para projetos de todo o mundo, de qualquer setor e em qualquer estágio de desenvolvimento.
 
Em sua última edição participaram mais de 1 mil startups, de 76 países como Brasil, Estados Unidos, Espanha, Rússia, Índia, Nigéria, Turquia, Argentina, Colômbia e Reino Unido.
 
Após a inscrição, as startups cadastradas passam por um processo de seleção realizado por um comitê de renomados especialistas, com base em critérios como inovação, viabilidade, escalabilidade, sustentabilidade, equipe, além de interesse de potenciais investidores.
 
Os finalistas terão a oportunidade de apresentar seus projetos presencialmente e poderão acessar uma rede exclusiva, com a possibilidade de reuniões 1:1 com investidores e corporações em busca de inovação.
No final, cinco startups sairão vencedoras nas seguintes categorias: Destaque; Mais Sustentável; Mais Escalável; Mais Inovadora; e Melhor Time. Além da participação no evento e da ampla visibilidade na mídia, elas receberão mentorias e orientação para aprimorar seu pitch.
“Em 2023 o South Summit Brazil está de volta com uma grande oportunidade para projetos inovadores. Mais uma vez, nosso encontro dará a startups de todas as indústrias, estágios e nacionalidades a chance de apresentar seus pitches e encontrar com grandes investidores e corporações”, completa María Lada, Head de Startups do South Summit.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO