Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Começo de Conversa

- Publicada em 01 de Dezembro de 2020 às 21:19

Uma feiúra a céu aberto I


JOYCE ROCHA/JC
Símbolo da falência do Centro. Foi assim que o prefeito eleito Sebastião Melo (MDB) definiu o esqueletão da Marechal Floriano, uma cárie sem tratamento que desde 1957 enfeia a cidade. Em conversa com a página, Melo garantiu que dará um fim ao esqueletão, o primeiro ataque para uma profunda mudança no Centro da Capital. Se os laudos confirmarem que o prédio está condenado "boto abaixo", garantiu o futuro prefeito, que até já conversou com a Procuradoria do Município.
Símbolo da falência do Centro. Foi assim que o prefeito eleito Sebastião Melo (MDB) definiu o esqueletão da Marechal Floriano, uma cárie sem tratamento que desde 1957 enfeia a cidade. Em conversa com a página, Melo garantiu que dará um fim ao esqueletão, o primeiro ataque para uma profunda mudança no Centro da Capital. Se os laudos confirmarem que o prédio está condenado "boto abaixo", garantiu o futuro prefeito, que até já conversou com a Procuradoria do Município.

Uma feiúra a céu aberto II

A história do prédio da Galeria XV já começou mal. A construtora vendeu unidades para mais de 100 investidores, mas não conseguiu completar a obra. Com o correr dos anos foi parcialmente ocupado, às vezes para fins escusos. Dos proprietários originais, muitos faleceram e outros estão em lugar incerto e não sabido. Portanto, há um aspecto jurídico na questão, mas se a estrutura estiver condenada, precisa botá-la abaixo mesmo antes que aconteça uma tragédia.

Entrega modulada

Mesmo depois de longo e tenebroso inverno, os Correios ainda lutam para botar a correspondência em dia. Enquanto as entregas pelo Sedex vão bem, obrigado, as cartas são entregues nos prédios aos pacotes.

Tão alegres que fomos...

A volta da bandeira vermelha com a consequente proibição de aglomerações é um duro golpe para cidades turísticas, especialmente da Região das Hortênsias, como Gramado, que já embalava o presépio do Natal Luz, e Canela, com o Sonho de Natal. Parques temáticos também são atingidos.

Procura-se loja

Apesar da pandemia, faltam lojas de rua com boa metragem em Porto Alegre. Com a crise, há grande número de espaços pequenos, mas as grandes redes de varejo querem o oposto. Vale tanto para a Azenha quanto para o Moinhos de Vento. As redes crescem na crise, mas precisam de espaço físico. Que falta na Capital.

Ei, você aí, me dá...

Os novos prefeitos já se preparam para receber pedidos de emprego de correligionários, amigos e conhecidos. A situação é pior nas cidades do Interior, onde todo mundo conhece todo mundo. É pior quando alguém pede uma "boquinha". Se preciso for, os suplicantes até juram que vão trabalhar.

...um dinheiro aí.

Já os alcaides vão fazer duas romarias em busca do vil metal. Uma para o Palácio Piratini, especialmente se forem de partidos da base aliada, e outra para Brasília, buscando quem tenha a chave do cofre. Aliás, as bases aliadas só são 100% aliadas quando se trata de dinheiro.

Vantagens na largada

O prefeito eleito de Porto Alegre larga com duas vantagens de respeito, que facilitarão seu governo. Como vice-prefeito de José Fortunati (hoje PTB) e ex-vereador, conhece bem a cidade e a máquina pública, que um novato levaria um tempão para dominar.

Erro de aproximação

Manuela d'Ávila (PCdoB) fez boa votação, mas daí a dizer que ele fez praticamente a metade dos votos vai uma distância muito grande. Como a abstenção somada aos brancos e nulos ficou em torno de 35%, a candidata comunista conseguiu cerca de 30% do eleitorado. Que vem a ser o tamanho histórico da esquerda da Capital.

A chegada dos destruidores

De plantações. O Rio Grande do Sul já registra focos de gafanhotos, uma praga bíblica que viaja entre continentes de carona com as jet streams, as correntes de jato de até 300 km/h. Algumas espécies já são cidadãs brasileiras. Depositam ovos no solo, que eclodem meses depois. Precisa de muita chuva para "afogá-los". Ou química.

Miúdas

  • ANTES se falava exército do crime de forma figurativa. Depois de Criciúma, de forma efetiva.
  • ECOS da eleição: população das ilhas de Porto Alegre era Manuela e no 1º turno, e no 2º turno foi Melo.
  • MAIOR temor das operações gastronômicas era voltar para a venda no balcão. Foi bode na sala.
  • EM fevereiro, muita gente apresentou os sintomas da Covid antes de o vírus ser batizado.
  • ESTÁ na hora da filosofia de parachoque de caminhão: fé em Deus e pé na tábua.

A religião Kombi

A velha e boa Kombi ainda tem muitos fãs. Pau para toda obra, confiável, motor eterno e de fácil revenda. A Via Bella Veículos, de Caxias do Sul, está vendendo uma Kombi ano 1974 com cor azul original por R$ 90 mil.

Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO