Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Tecnologia

- Publicada em 19 de Setembro de 2022 às 00:55

PRF lança novo aplicativo oficial

Polícia Rodoviária Federal  traz, entre as novidades, o botão de emergência, que emite alerta à unidade policial mais próxima para enviar auxílio e atender a ocorrência

Polícia Rodoviária Federal traz, entre as novidades, o botão de emergência, que emite alerta à unidade policial mais próxima para enviar auxílio e atender a ocorrência


/TÂNIA RÊGO/ABR/JC
Cristine Pires
Daqui a uma semana, quem circula pelas rodovias federais do País terá uma série de serviços ao alcance da mão. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançará, no dia 26 de setembro, mais uma ferramenta para auxiliar o público. Trata-se do aplicativo oficial da instituição, o "PRF Brasil", que estará disponível para smartphones nas versões IOS e Android.
Daqui a uma semana, quem circula pelas rodovias federais do País terá uma série de serviços ao alcance da mão. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançará, no dia 26 de setembro, mais uma ferramenta para auxiliar o público. Trata-se do aplicativo oficial da instituição, o "PRF Brasil", que estará disponível para smartphones nas versões IOS e Android.
Uma das novidades é o o botão de emergência, usado em caso de vidas em risco. Ao acionar o botão, é emitido um alerta à unidade policial mais próxima, baseado na localização georreferenciada do acionador, sendo possível o envio de mensagens, fotos e áudios para auxiliar no despacho da viatura que atenderá a ocorrência. As informações são da assessoria de comunicação da PRF.
No entanto, parar utilizar o app, o usuário precisa ter uma conta gov.br. É possível criar a conta no portal digitando gov.br e receber uma senha única para ter acesso a diversos serviços digitais do governo federal. Com a conta gov.br, é possível buscar, por exemplo, os serviços digitais do INSS, a carteira de trabalho digital e o seguro desemprego. Com o cadastro da conta gov.br, o governo conseguirá identificar quando solicitar algum serviço público digital.
A ferramenta é bem-recebida pelo setor. "Temos uma ferramenta a mais para combater o roubo de veículos e de cargas", afirma o diretor de gestão Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística no Rio Grande do Sul (Setcergs), Roberto Machado. Os dados divulgados pelo executivo dão a dimensão do prejuízo que os transportadores de carga amargam. "Se nós levarmos isso aí para uma comparação de crescimento do roubo de carga, no ano de 2022 houve um acréscimo de 20% no roubo de carga", revela o dirigente.
Machado destaca que hoje há quadrilhas muito especializadas no roubo de carga em todo o País, e que é fundamental que todas as polícias se integrem para esse combate. E a expectativa é que o aplicativo seja mais um reforço nesta força-tarefa.  Embora ainda não tenha testado o aplicativo,  Machado acredita que a ferramenta, chamada Jammer, será muito importante para as ações de combate ao crime organizado de roubo de carga , que efetivamente hoje é um crime organizado, que transcende aos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina,  de São Paulo e de Minas Gerais, especialmente.
Para o Setcergs, apólices estão cada vez mais caras. Esse valor normalmente é transferido para o frete e acaba no preço final ao consumidor. O app também terá papel fundamental, segundo Machado, uma vez que terá serviços com socorro de vítimas, pessoas desaparecidas. "Isso vai trazer uma melhoria para toda sociedade, no sentido de policiamento e fiscalização nas rodovias federais", afirma o dirigente.
"Estamos dando total apoio às ações que visam trazer mais segurança na rodovia, inclusive nosso sindicato, fez uma doação de um aparelho para combater e identificar o diamer, que é um instrumento utilizado pelas quadrilhas de roubo de carga. Nós fizemos uma doação desse equipamento para a delegacia de roubo de carga do Rio Grande do Sul, pelo auxílio e combate dessas ações criminosas”, relata.

Conheça algumas das ferramentas que estarão disponíveis

Sistema Nacional de Alarmes (Sinal)
Por meio deste serviço, o usuário poderá informar ocorrências criminais relativas a seus veículos, que resultam em alarmes para policiais próximos ao local. Comprovadamente, a probabilidade de recuperação de um veículo é maior nas primeiras horas após a ocorrência do fato. Assim, o Sistema Sinal supre uma importante necessidade, pois disponibiliza aos policiais rodoviários federais em todo o País, imediatamente após o registro, informações de ocorrências de furto/roubo de veículos, tornando-se uma eficiente ferramenta no combate a esse tipo de crime. A PRF destaca, no entanto, que o registro no sistema Sinal da PRF não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil. O registro no sistema Sinal da PRF também pode ser feito por telefone. Basta ligar para o número da Polícia Rodoviária Federal, o 191.
Sinal Desaparecidos
Este serviço auxilia o usuário a informar ocorrências criminais relativas ao desaparecimento de pessoas, que aciona policiais próximos ao local. É importante frisar que não dispensa o registro de ocorrência na polícia judiciária.
Sinal Agro
Destina-se à comunicação do abigeato (furto de animais como bovinos e equinos), bem como do roubo e furto de maquinários e defensivos agrícolas. Permite que a informação seja disponibilizada aos Policiais Rodoviários Federais em todo o País, ampliando a possibilidade de recuperação dos bens. O registro no sistema Sinal Agro da PRF não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.
Multas - Consultas e Pagamentos
Consulta para identificação de multas aplicadas e regularização. O serviço de Consulta e Pagamento de Multas informa se o veículo possui multas por infringir o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) extraídas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), além de permitir a geração de boleto para pagamento dos débitos.
Declaração de Acidente de Trânsito (DAT)
Registro realizado pelos próprios usuários envolvidos, direta ou indiretamente, em acidentes de trânsito em rodovia federal, que:
 Não lesionaram pessoas;
 Não houve incêndio em, pelo menos, um terço de algum dos veículos envolvidos;
 Não ocorreu vazamento ou derramamento de produto perigoso, assim como avaria nas embalagens dos produtos perigosos fracionados ou dano no equipamento de transporte de produto perigoso a granel.
Suporte BR
Lançado em meio à pandemia da Covid 19, a PRF realizou levantamento sobre a quantidade de restaurantes, lojas de conveniência, postos de combustíveis, oficinas e borracharias abertos em todos os 70 mil quilômetros de rodovias federais pelo país, para auxiliar os motoristas.
Ouvidoria
Destinado a denúncias, reclamações, sugestões, elogios ou solicitações a órgãos públicos federais. Visa facilitar o contato entre o cidadão e a Administração Pública Federal para o recebimento, tramitação e oferecimento de resposta a manifestações de ouvidoria encaminhadas pelos cidadãos.
 
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO