Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Política

- Publicada em 18 de Março de 2022 às 19:06

Tanise Sabino será candidata a vice-governadora do Rio Grande do Sul na chapa de Heinze

A indicação da vereadora de Porto Alegre Tanise Sabino como vice do pré-candidato ao governo do Estado Luis Carlos Heinze sela a aliança entre PTB e PP.

A indicação da vereadora de Porto Alegre Tanise Sabino como vice do pré-candidato ao governo do Estado Luis Carlos Heinze sela a aliança entre PTB e PP.


Lisiane Severo/Divulgação/JC
O PP anunciou nesta sexta-feira (18) que a vereadora de Porto Alegre Tanise Sabino (PTB) será a candidata a vice-governadora na chapa liderada pelo senador Luis Carlos Heinze (PP). A indicação do vice sela a aliança entre o PP e PTB em torno da candidatura de Heinze ao Palácio Piratini na eleição de 2022.
O PP anunciou nesta sexta-feira (18) que a vereadora de Porto Alegre Tanise Sabino (PTB) será a candidata a vice-governadora na chapa liderada pelo senador Luis Carlos Heinze (PP). A indicação do vice sela a aliança entre o PP e PTB em torno da candidatura de Heinze ao Palácio Piratini na eleição de 2022.
Tanise se elegeu vereadora da Capital pela primeira vez em 2020. Casada com o deputado estadual e ex-vereador de Porto Alegre Elizandro Sabino (PTB), ela ocupa atualmente a presidência do diretório municipal do partido. Ela é mestre em Psicologia Clínica, tem especialização em Gestão Pública, em Coordenação e Dinâmicas de Grupos e Psicologia Organizacional.
“Quando surgiu a indicação do meu nome dentro do PTB, através do presidente estadual Edir de Oliveira, para compor a chapa majoritária do senador Heinze, foi uma honra muito grande. O PTB está renovando uma aliança, que já começou em 2018, quando o apoiamos ao senado. Os petebistas estão fardados juntamente com o exército do PP gaúcho”, comentou Tanise.
O PP é o partido com mais prefeituras e vereadores no Rio Grande do Sul, conforme o presidente da sigla, Celso Bernardi. “Vamos trabalhar a municipalização na campanha ao governo do Estado. Temos 1.274 vereadores. Por isso, o partido optou por oferecer uma vereadora como vice”, ponderou. Ele também enfatizou a importância de ter uma mulher na chapa majoritária: “o futuro é feminino e o PP gaúcho sempre valorizou as mulheres”.
O pré-candidato a governador comemorou a coligação. “Somos os primeiros a apresentar candidato a governador e candidata a vice-governadora. Juntos temos uma bela nominata de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, uma das maiores forças partidárias do Rio Grande do Sul. Nossa chapa vai trazer novos rumos ao Estado e nosso compromisso é fazer mais que (o ex-governador José Ivo) Sartori (MDB) e Eduardo Leite (PSDB)”, projetou Heinze.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO