Porto Alegre, quinta-feira, 02 de dezembro de 2021.
Dia Nacional do Astrônomo. Dia do Samba. Dia Pan-Americano da Saúde.
Porto Alegre,
quinta-feira, 02 de dezembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

governo federal

- Publicada em 02/12/2021 às 14h52min.

Bolsonaro comemora escolha de Mendonça para o STF

Bolsonaro havia indicado André Mendonça para o STF ainda em julho

Bolsonaro havia indicado André Mendonça para o STF ainda em julho


Isac Nóbrega/PR/JC
Um dia após o Senado aprovar a indicação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro comemorou a escolha de um nome "terrivelmente evangélico" para ocupar a vaga na Corte. Em discurso na Vila Militar, na zona oeste do Rio, Bolsonaro declarou que Mendonça é um homem "com Deus no coração", e que por isso esta quinta-feira (2) é um dia "bastante feliz".
Um dia após o Senado aprovar a indicação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro comemorou a escolha de um nome "terrivelmente evangélico" para ocupar a vaga na Corte. Em discurso na Vila Militar, na zona oeste do Rio, Bolsonaro declarou que Mendonça é um homem "com Deus no coração", e que por isso esta quinta-feira (2) é um dia "bastante feliz".
"Hoje para mim, para nós, para todos os cristãos, é um dia bastante feliz. No dia de ontem conseguimos enviar para o STF um homem terrivelmente evangélico", discursou Bolsonaro durante cerimônia de formatura de sargentos de logística. "(Era) um compromisso nosso de mandar para a Suprema Corte uma pessoa que tem Deus no coração."
Bolsonaro havia indicado André Mendonça para o STF ainda em julho, mas somente nesta quarta-feira o Senado aprovou a indicação para o cargo.
Durante a fala desta quinta, que durou cerca de quatro minutos, o presidente disse ainda que as "Forças Armadas jamais deixarão de lutar para garantir nossa Constituição, democracia e liberdade". O presidente chegou ao Rio pouco antes das 11h. A cerimônia de formatura de sargentos não pôde ser acompanhada pela imprensa.
Agência Estado
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO