Porto Alegre, quarta-feira, 01 de dezembro de 2021.
Dia Mundial de Luta contra a Aids.
Porto Alegre,
quarta-feira, 01 de dezembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Senado

- Publicada em 01/12/2021 às 10h20min.

CCJ sabatina André Mendonça, indicado ao STF por Bolsonaro

Sessão ocorre quase quatro meses após a chegada da mensagem de indicação, no dia 18 de agosto

Sessão ocorre quase quatro meses após a chegada da mensagem de indicação, no dia 18 de agosto


EDILSON RODRIGUES/AGÊNCIA SENADO/JC
Ocorre na manhã desta quarta-feira (01), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a sabatina do ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União André Mendonça para vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). A relatora da indicação é a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).
Ocorre na manhã desta quarta-feira (01), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a sabatina do ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União André Mendonça para vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). A relatora da indicação é a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).
A relatora disse acreditar que Mendonça será aprovado pelo Senado, pois, segundo ela, o relatório não foi pautado por questões ideológicas, nem religiosas, já que Mendonça é pastor evangélico.
A mensagem com a indicação de Mendonça chegou à CCJ no dia 18 de agosto. Ao longo de quase quatro meses, senadores cobraram a sabatina do indicado, que só foi marcada em novembro.
Durante a sabatina de Mendonça, cada parlamentar terá dez minutos para fazer perguntas, e o indicado terá o mesmo prazo para resposta. Os senadores terão mais cinco minutos para réplica, e André Mendonça, o mesmo tempo para tréplica.
Agência Senado
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO