Porto Alegre, terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Aniversário da cidade de Viamão.
Porto Alegre,
terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2022

- Publicada em 20h32min, 13/09/2021.

Edegar Pretto é lançado pré-candidato do PT ao governo do RS

Edegar Pretto (c) recebeu apoio dos ex-governadores Tarso e Olívio (d)

Edegar Pretto (c) recebeu apoio dos ex-governadores Tarso e Olívio (d)


/Carol Ferraz/JC
O deputado estadual Edegar Pretto é o pré-candidato do PT a governador do Rio Grande do Sul nas eleições de 2022. A oficialização ocorreu nesta segunda-feira (13), em Porto Alegre, durante o lançamento do movimento 'Rio Grande e presente. Para toda a sua gente'. O nome de Pretto recebeu o apoio dos ex-governadores Olívio Dutra (PT, 1999-2002) e Tarso Genro (PT, 2011-2014), do senador Paulo Paim (PT) e da bancada federal e estadual.
O deputado estadual Edegar Pretto é o pré-candidato do PT a governador do Rio Grande do Sul nas eleições de 2022. A oficialização ocorreu nesta segunda-feira (13), em Porto Alegre, durante o lançamento do movimento 'Rio Grande e presente. Para toda a sua gente'. O nome de Pretto recebeu o apoio dos ex-governadores Olívio Dutra (PT, 1999-2002) e Tarso Genro (PT, 2011-2014), do senador Paulo Paim (PT) e da bancada federal e estadual.
A pré-candidatura foi oficializada depois de 27 encontros regionais do partido, realizados em todo o Estado. As lideranças petistas avaliam que Pretto representa uma renovação dentro do partido, que une diversos setores da sigla, além de ser benquisto por diversos movimentos sociais.
A candidatura de Pretto, que é ligado ao Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Sem Terra (MST), deve garantir um palanque para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que deve concorrer em 2022. Inclusive, antes das eleições, Pretto e Lula devem cumprir agenda no Rio Grande do Sul.
Na oficialização da pré-candidatura, Olívio Dutra - que, além de amigo, é conselheiro do mandato do deputado - destacou que as gestões do PT não acertaram tudo. Mas o ex-governador acredita que as pessoas não esqueceram de tudo o que foi feito de importante pelas administrações petistas.
"Edegar, tu és um herdeiro de um legado, que vem desde o tempo do teu pai, o saudoso Adão Pretto. Vamos em frente nesta luta, pois a política é a construção do bem comum com o protagonismo das pessoas", projetou Olívio.
Tarso disse que "está à altura de levar adiante todo trabalho, não só das nossas administrações, mas de todas que trabalham de forma séria". Em um vídeo, Paim disse que o momento é de somar forças. E elogiou Pretto: "você é um retrato fiel da personalidade, da visão política e do espírito de solidariedade. Um homem de palavra, diálogo, amor, trabalho, cabeça e coração, tal qual foi seu pai, nosso sempre lembrado Adão Pretto".
Edegar Pretto tem 50 anos e nasceu em Miraguaí, na Região Celeiro. É formado em Gestão Pública e tem suas origens na agricultura familiar. Filho de Adão Pretto, deputado federal falecido em 2009, Edegar está em seu terceiro mandato como deputado estadual. Foi o mais votado do partido nas três eleições em que participou, e líder da bancada petista no governo Tarso. Em 2017 foi presidente da Assembleia Legislativa, quando em sua posse popular cerca de duas mil pessoas ocuparam a praça da Matriz para um ato de apoio público na capital.
Já a partir desta semana, Pretto intensifica a participação presencial em agendas pelo Estado, começando pela Região Metropolitana de Porto Alegre. A partir da próxima semana, o roteiro será nas regiões Celeiro, Norte, Alto Uruguai, Centro, Sul e Serra. Os demais ainda não tem data prevista.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário