Porto Alegre, quinta-feira, 15 de julho de 2021.
Dia Nacional dos Clubes.
Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

São Paulo

- Publicada em 17h02min, 15/07/2021. Atualizada em 17h05min, 15/07/2021.

Doria é infectado pela segunda vez pela Covid-19 e afirma estar bem

O governador informou o diagnóstico nesta quinta-feira em suas redes sociais

O governador informou o diagnóstico nesta quinta-feira em suas redes sociais


GOVERNO DE SP /DIVULGAÇÃO/JC
O governador João Doria (PSDB-SP) foi reinfectado pelo novo coronavírus, quase um ano após ter tido Covid-19.
O governador João Doria (PSDB-SP) foi reinfectado pelo novo coronavírus, quase um ano após ter tido Covid-19.
Em vídeo distribuído nas suas redes sociais, o tucano afirma que está "se sentindo muito bem e disposto". "Tenho convicção que estou sendo protegido contra o agravamento da doença pela vacina do Butantan, a qual já tomei as duas doses", disse.
"Eu, como milhões de pessoas, fui protegido graças à vacina", afirmou. Doria foi o promotor do acordo entre o Instituto Butantan e a Sinovac chinesa, que permitiu a importação e formulação do imunizante no Brasil.
Doria havia sentido sintomas leves de gripe na noite de quarta (14), e decidiu fazer um exame de Covid-19 nesta quinta.
"Meu caso serve de alerta para todos que já foram vacinados seguirem respeitando os protocolos, como uso de máscaras e álcool gel. Pois, todos estão suscetíveis a serem infectados e transmitir o vírus, mesmo vacinados. Não importa a vacina, elas evitam o agravamento da doença, não a infecção", afirmou no vídeo.
Reinfecções não são incomuns, mesmo com a vacinação. O importante, epidemiologicamente neste momento, é a queda no número de casos graves e mortes --o próprio Doria comemorou na quarta uma redução em 46% no número de mortes no estado pela Covid-19 após o início da campanha de vacinação, em fevereiro.
Doria ficará isolado, provavelmente pelos mesmos dez dias a que se submeteu no ano passado, tocando o trabalho por meio virtual. Compromissos presenciais em seu nome serão atendidos pelo vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário