Porto Alegre, sábado, 19 de junho de 2021.
Dia do Cinema Brasileiro.
Porto Alegre,
sábado, 19 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

PROTESTOS

- Publicada em 11h46min, 19/06/2021.

Ato contra Bolsonaro interdita principal via do Centro do Rio

Membros de partidos de oposição e movimentos sociais participam de protesto em Brasília

Membros de partidos de oposição e movimentos sociais participam de protesto em Brasília


SERGIO LIMA/AFP/JC
Manifestantes se reúnem na manhã deste sábado (19) no Centro do Rio de Janeiro para um ato contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, e a favor da vacinação. A concentração começou por volta das 10h no Monumento Zumbi dos Palmares, na Avenida Presidente Vargas, principal via da região central do Rio.
Manifestantes se reúnem na manhã deste sábado (19) no Centro do Rio de Janeiro para um ato contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, e a favor da vacinação. A concentração começou por volta das 10h no Monumento Zumbi dos Palmares, na Avenida Presidente Vargas, principal via da região central do Rio.
A pista central da Avenida Presidente Vargas foi parcialmente interditada para a caminhada dos manifestantes em direção à igreja da Candelária, marcha com início previsto para 11h15min. Guardas municipais e policiais militares acompanham o protesto e orientam o trânsito na região. O ato integra uma série de manifestações convocadas pelo país contra o governo Bolsonaro.
Os manifestantes carregam bandeiras e cartazes pedindo o impeachment de Bolsonaro. Uma faixa culpa o presidente pelas 500 mil mortes da pandemia no Brasil, triste marca que pode ser atingida ainda hoje. Outros manifestantes exibem cartazes demandando a vacinação em massa da população, além de reivindicarem mais educação e saúde. Há bandeiras de partidos como PT, PCdoB, PSTU, Psol.
Nas mobilizações pelas redes sociais, os manifestantes foram a usar máscaras de proteção, levar álcool em gel e manter distanciamento social durante o ato. Os organizadores estão distribuindo máscaras para os participantes do ato. A grande maioria usa máscara. Diferentemente da manifestação de 29 de maio, o ato não vai percorrer ruas estreitas pelo Centro do Rio, para evitar aglomerações.
Agência Estado

Protestos foram convocados para este sábado nas capitais e Distrito Federal

Membros de partidos de oposição e movimentos sociais participam de um protesto contra o tratamento da pandemia Covid-19 em Brasília pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro, em 19 de junho de 2021. O presidente vem enfrentando críticas por sua gestão da pandemia, incluindo recusando inicialmente as ofertas de vacinas, como alertam os epidemiologistas. O Brasil pode agora estar à beira de uma terceira onda de Covid-19.
Em Porto Alegre, o ato está marcado para as 15h, em frente ao Mercado Público. Os manifestantes devem caminhar até o Largo Zumbi dos Palmares.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário