Porto Alegre, quinta-feira, 17 de junho de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 17 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Gestão

- Publicada em 20h15min, 17/06/2021.

Desafio é mudar 'mentalidade' de Porto Alegre, diz vice-prefeito

Ricardo Gomes afirma existir "ranço ideológico" com pensamento liberal na Capital

Ricardo Gomes afirma existir "ranço ideológico" com pensamento liberal na Capital


Mateus Raugust/ PMPA/divulgação/jc
Em palestra no "Papo Amigo", evento virtual realizado pela Associação de Dirigentes Cristão de Empresas (ACDE) nesta quinta-feira (17), o vice-prefeito Ricardo Gomes (DEM) relacionou valores cristãos e o liberalismo econômico aos objetivos da gestão atual do município de Porto Alegre.
Em palestra no "Papo Amigo", evento virtual realizado pela Associação de Dirigentes Cristão de Empresas (ACDE) nesta quinta-feira (17), o vice-prefeito Ricardo Gomes (DEM) relacionou valores cristãos e o liberalismo econômico aos objetivos da gestão atual do município de Porto Alegre.
Segundo Gomes, o "desafio maior [da Capital] é o nosso legado. Há um ranço ideológico contrário aos valores que falei aqui". Na palestra, Gomes discorreu sobre sua própria origem cristã e sobre como os valores da religião o conduziram ao liberalismo econômico. Antagonizou o liberalismo britânico e o liberalismo francês e afirmou que a Revolução Francesa (1789) "rompeu com a tradição cristã".
Mestrando em história, Gomes afirma que é preciso mudar a mentalidade da Capital gaúcha: "nosso grande desafio, além do entrave da máquina pública e a dificuldade nas contas, é transformar a mentalidade de Poeto Alegre. É fazer liberdade".
"Nem toda transformação é positiva - às vezes o mundo muda para pior - mas algumas são. Temos que estar abertos a transformação, mas não qualquer uma", afirmou o vice-prefeito.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário