Porto Alegre, segunda-feira, 03 de maio de 2021.
Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.
Porto Alegre,
segunda-feira, 03 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Governo do Estado

- Publicada em 21h34min, 02/05/2021.

PTB tem o maior número de secretarias no governo Leite

Depois da reforma no secretariado promovida pelo governador Eduardo Leite (PSDB), o PTB se tornou o partido com maior número de integrantes no primeiro escalão do governo tucano. O PTB comanda cinco pastas; o PSDB, três; o MDB, PP e Republicanos, duas cada um; o PSB e Cidadania, uma cada; e nove são dirigidas por secretários sem filiação partidária. 

Depois da reforma no secretariado promovida pelo governador Eduardo Leite (PSDB), o PTB se tornou o partido com maior número de integrantes no primeiro escalão do governo tucano. O PTB comanda cinco pastas; o PSDB, três; o MDB, PP e Republicanos, duas cada um; o PSB e Cidadania, uma cada; e nove são dirigidas por secretários sem filiação partidária. 

Antes de assumir abertamente cargos no governo do Estado, os deputados do PTB na Assembleia Legislativa se intitulavam uma bancada independente. Entretanto, o partido do vice-governador Ranolfo Vieira votava com o Palácio Piratini.

Agora, no terceiro ano de gestão, a base aliada naturalmente não tem mais a mesma coesão que tinha no início da administração. Nesse contexto, a adesão maior do PTB (que tem cinco parlamentares) fortalece a base de Leite na Assembleia. Afinal, o governo pretende aprovar ainda neste ano projetos importantes para a gestão tucana, como por exemplo o Teto de Gastos estadual, necessário para a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal.

As últimas mudanças no secretariado ocorreram na sexta-feira, quando Leite anunciou três alterações. A Secretaria de Administração Penitenciária, que tinha Cesar Faccioli no comando, passou a ser chamada de Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo. O novo titular passou a ser Mauro Rauschild.

Rauschild, por sua vez, deixou o comando da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Essa pasta também mudou de nome, passando a se chamar Secretaria de Igualdade, Cidadania e Direitos Humanos. Assumiu a pasta Regina Becker (PTB), que era secretária de Trabalho, Emprego e Renda.

Em seu lugar, na pasta do Trabalho, assumiu o ex-ministro do Trabalho do governo Temer (MDB) e ex-deputado federal Ronaldo Nogueira (Republicanos).

Como ficou o secretariado

Agostinho Meirelles (PTB) - Secretaria Extraordinária de Apoio à Gestão Administrativa e Política

Ana Amélia Lemos (PP) - Secretaria Extraordinária de Relações Federativas e Internacionais

Arita Bergmann - Secretaria da Saúde

Artur Lemos (PSDB) - Casa Civil

Beatriz Araujo - Secretaria da Cultura

Claudio Gastal (Cidadania) - Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão

Edson Brum (MDB) - Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Eduardo Cunha da Costa - Procuradoria-Geral do Estado

Francisco Vargas (Republicanos) - Secretaria do Esporte e Lazer

José Stédile (PSB) - Secretaria de Obras e Habitação

Cel. Júlio César Rocha Lopes - Casa Militar e Defesa Civil

Juvir Costella (MDB) - Secretaria de Logística e Transportes

Leonardo Busatto - Secretaria Extraordinária de Parcerias

Luís Lamb - Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia

Luiz Carlos Busato (PTB) - Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios

Luiz Henrique Viana (PSDB) - Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura

Marco Aurelio Cardoso - Secretaria da Fazenda

Mauro Hauschild - Secretaria de Justiça, Sistemas Penal e Socioeducativo

Ranolfo Vieira Júnior (PTB) - Secretaria de Segurança Pública

Raquel Teixeira (PSDB) - Secretaria de Educação

Regina Becker (PTB) - Secretaria de Igualdade, Cidadania e Direitos Humanos

Ronaldo Nogueira (Republicanos) - Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda

Ronaldo Santini (PTB) - Secretaria do Turismo

Silvana Covatti (PP) - Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural

Tânia Moreira - Secretaria
de Comunicação

Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário