Porto Alegre, segunda-feira, 01 de março de 2021.
Dia do Turismo Ecológico.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 01 de março de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Partidos

- Publicada em 03h00min, 01/03/2021.

Fortunati sai do PTB e assume presidência estadual do Pros

Em um vídeo divulgado no Facebook, o ex-prefeito José Fortunati também revelou que pretende concorrer a deputado federal pelo PROS em 2022.

Em um vídeo divulgado no Facebook, o ex-prefeito José Fortunati também revelou que pretende concorrer a deputado federal pelo PROS em 2022.


/Reprodução Facebook/JC
Marcus Meneghetti

O ex-prefeito José Fortunati anunciou na sexta-feira, em vídeo publicado na rede social Facebook, que trocou o PTB pelo Pros. Fortunati assume a presidência estadual do seu novo partido. Nas eleições de 2022, ele pretende concorrer a deputado federal pela sigla.

O ex-prefeito José Fortunati anunciou na sexta-feira, em vídeo publicado na rede social Facebook, que trocou o PTB pelo Pros. Fortunati assume a presidência estadual do seu novo partido. Nas eleições de 2022, ele pretende concorrer a deputado federal pela sigla.

Fortunati concorreu a prefeito em 2020 pelo PTB. Faltando uma semana para o primeiro turno do pleito, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou o registro de candidatura da chapa liderada pelo ex-prefeito, porque o seu vice, André Cecchini, teria se filiado ao Patriota fora do prazo eleitoral.

Fortunati acabou retirando a candidatura a quatro dias da eleição e, antes mesmo que o ex-prefeito se pronunciasse, o PTB anunciou apoio ao prefeito eleito Sebastião Melo (MDB). O curioso é que a cassação de Cecchini foi resultado de uma ação movida por um candidato a vereador do PRTB, partido que compunha a coligação de Melo.

De qualquer forma, Fortunati justificou sua saída do PTB, alegando que seria muito difícil concorrer a deputado federal pela legenda. "Desde que as eleições municipais de 2020 se encerraram, decidi continuar na política e concorrer à Câmara dos Deputados em 2022. A primeira dificuldade era permanecer no PTB, porque o partido tem dois deputados federais e uma nominata muito forte para o cargo. Os deputados federais tem uma estrutura consolidada, tem assessoria, tem emendas impositivas e apoiaram vários prefeitos e vereadores no interior do Estado durante a campanha de 2020. É muito difícil concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados em um partido tão estruturado, porque a competição se torna totalmente desigual", alegou Fortunati, no vídeo divulgado no Facebook.

Conforme o ex-prefeito, ele escolheu o Pros, porque recebeu "carta branca" para criar "as condições para, primeiro, organizar um partido aberto, democrático e plural. Em segundo lugar, criar as condições para que esta eleição (para deputado federal em 2022) possa acontecer". Esta é a quinta filiação partidária de Fortunati. Ele já passou pelo PT, PDT, PSB, PTB e agora Pros.

Comentários CORRIGIR TEXTO