Porto Alegre, sábado, 20 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 20 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Câmara dos Deputados

- Publicada em 11h58min, 20/02/2021.

Como votaram os deputados federais do RS na prisão de Daniel Silveira

Placar final da votação na Câmara dos Deputados terminou com 364 votos pela prisão e 130 contra

Placar final da votação na Câmara dos Deputados terminou com 364 votos pela prisão e 130 contra


MICHEL JESUS/CÂMARA DOS DEPUTADOS/DIVULGAÇÃI/JC
Patrícia Comunello
A Câmara dos Deputados decidiu por 364 votos a favor e 130 contra, além de três abstenções, manter a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Pelo menos 29 votos do total foram assinalados por parlamentares do Rio Grande do Sul. O placar "gaúcho" foi de 17 x 12. A bancada tem 31 deputados, mas dois não votaram (maioria dos três de toda a sessão na representação do Brasil). 
A Câmara dos Deputados decidiu por 364 votos a favor e 130 contra, além de três abstenções, manter a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Pelo menos 29 votos do total foram assinalados por parlamentares do Rio Grande do Sul. O placar "gaúcho" foi de 17 x 12. A bancada tem 31 deputados, mas dois não votaram (maioria dos três de toda a sessão na representação do Brasil). 
prisão em flagrante de Silveira foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na terça-feira (16), e confirmada por unimidade pelos colegas de Corte no dia seguinte. Um vídeo no qual o deputado do PSL incita à violência contra membros da Corte e defende o Ato Institucional número 5 (AI-5), símbolo da fase mais discricionária da ditadura militar no Brasil, provocou a prisão. 
O deputado alegou, e muitos que são contrários à medida do STF, que estava usando sua condição parlamentar de imunidade e exercendo liberdade de opinião. Nesta sexta-feira (19), Silveira chegou a divulgar um vídeo em que pede desculpas pelas manifestações, o que não conseguiu reverter o resultado em plenário.   
Pela descrição da votação disponível no site do Legislativo, o placar terminou com a maioria dos deputados do Rio Grande do Sul votando pela derrubada da prisão. A conduta dos parlamentares de diferentes siglas mostrou unidade de posição, seja pelo não à prisão ou pela manutenção dsa medida. 
Foram 17 votos pela libertação de Silveira, 12 pela manutenção da prisão e duas abstenções, de políticos que não chegaram a assinalar a opinião no painel do plenário. A votação foi presencial e remota.
Os deputados do PP (três), PTB (três) e PSDB (dois) votaram todos pelo não. No MDB, deu empate: 2 contra e dois a favor da prisão. Três dos quatro integrantes do PSL, partido de Silveira, apoiaram a liberação do colega de sigla, mas um se absteve.
Os dois nomes do PSB se dividiram, com cada um para um lado. O Novo, com um representante, seguiu a maioria do "não". Já o PDT distribuiu a posição em todas as frentes: um contra, um a favor da medida e um se absteve. O PSD, com bancada de um nome só, foi pelo "não".
Os cinco ocupantes das cadeiras do PT foram favoráveis à medida do STF - maior número do bloco dos "sim" e da bancada gaúcha. O PSOL, que tem apenas uma cadeira, seguiu a linha dos petistas. Assim como, PL e Republicanos, com um cada, que votaram pela prisão do parlamentar.     

Confira o voto de cada deputado federal do RS sobre a prisão de Daniel Silveira:

NÃO (contra a prisão): 17 votos
  • Afono Hamm (PP)
  • Alceu Moreira (MDB)
  • Bibo Nunes (PSL)
  • Daniel Trzeciak (PSDB)
  • Danrlei (PSD)
  • Jerônimo Goergen (PP)
  • Lisiane Bayer (PSB)
  • Lucas Redecker (PSDB)
  • Marcel van Hattem (Novo)
  • Marcelo Brum (PSL)
  • Marcelo Moraes (PTB)
  • Marlon Santos (PDT)
  • Maurício Dziedrick (PTB)
  • Osmar Terra (MDB)
  • Pedro Westphalen (PP)
  • Sanderson (PSL)
  • Santini (PTB)
SIM (manutenção da prisão): 12 votos
  • Bohn Gass (PT)
  • Carlos Gomes (Republicanos)
  • Fernanda Melchionna (PSOL)
  • Giovani Cherini (PL)
  • Giovani Feltes (MDB)
  • Heitor Schuch (PSB)
  • Henrique Fontana (PT)
  • Márcio Biolchi (MDB)
  • Marcon (PT)
  • Maria do Rosário (PT)
  • Paulo Pimenta (PT)
  • Pompeu de Mattos (PDT)
NÃO VOTOU (abstenção): 2 votos
  • Afonso Motta (PDT)
  • Nereu Crispim (PSL)
Comentários CORRIGIR TEXTO