Porto Alegre, quinta-feira, 04 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 04 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Câmara de Porto Alegre

- Publicada em 20h55min, 03/02/2021.

Prefeitura da Capital estuda vacinação de profissionais da saúde

Sessão Ordinária mista teve participação do secretário municipal da Saúde, Mauro Sparta

Sessão Ordinária mista teve participação do secretário municipal da Saúde, Mauro Sparta


Divulgação/JC
Rariane Costa
O secretário municipal da Saúde, Mauro Sparta, apresentou aos vereadores da Câmara de Porto Alegre um balanço diante dos 30 dias iniciais do governo de Sebastião Melo (MDB) no combate à Covid-19 na Capital. O encontro aconteceu na tarde desta quarta-feira (3) em sessão ordinária no Legislativo e teve como discussão principal a vacinação no município.
O secretário municipal da Saúde, Mauro Sparta, apresentou aos vereadores da Câmara de Porto Alegre um balanço diante dos 30 dias iniciais do governo de Sebastião Melo (MDB) no combate à Covid-19 na Capital. O encontro aconteceu na tarde desta quarta-feira (3) em sessão ordinária no Legislativo e teve como discussão principal a vacinação no município.
Segundo o secretário, a prefeitura prepara para o próximo fim de semana um processo de vacinação que busca adiantar o procedimento já iniciado por hospitais. Nesta ocasião, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, dentistas, profissionais de laboratórios, entre outros, seriam convocados para tomar a vacina. "Estes profissionais podem não estar lincados a hospitais, mas são um grupo de risco importante, têm risco de contrair a doença e precisam de muito cuidado."
Nesta quarta-feira, o painel de monitoramento da vacinação lançado pela prefeitura apontava que 46.221 pessoas, entre profissionais da saúde, idosos, pessoas com deficiência institucionalizadas, além de indígenas e quilombolas, já foram imunizadas em Porto Alegre.
O secretário apresentou ainda o plano estratégico de vacinação que teve sua primeira fase iniciada em 18 de janeiro. No momento, a secretaria conta com equipes volantes que se deslocam a instituições para efetivar a aplicação da vacina. Sparta garante que no momento adequado a vacinação irá acontecer nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da Capital.
Vereadores ainda questionaram o titular da saúde sobre o kit Covid disponibilizado pela prefeitura na rede pública. O secretário defendeu que a compra de ivermectina segue o padrão dos últimos anos, sem aumentos significativos. Já a hidroxicloroquina, também disponibilizada no kit, foi recebida através de doação do governo federal.
Comentários CORRIGIR TEXTO