Porto Alegre, segunda-feira, 16 de novembro de 2020.
Dia Internacional da Tolerância.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 16 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 10h22min, 16/11/2020. Atualizada em 11h06min, 16/11/2020.

Manuela contará com o apoio de Fernanda Melchionna no segundo turno em Porto Alegre

Manuela e Fernanda têm uma reunião marcada para conversar sobre a aliança no segundo turno

Manuela e Fernanda têm uma reunião marcada para conversar sobre a aliança no segundo turno


MONTAGEM COM FOTOS LUIZA PRADO/JOYCE ROCHA/JC
Roberta Mello
A candidata Manuela D'Ávila (PCdoB), que segue na disputa pela prefeitura de Porto Alegre no segundo turno contra Sebastião Melo (MDB), contará com o apoio de Fernanda Melchionna (PSOL). As duas têm uma reunião marcada para conversar sobre a aliança, mas já sinalizaram em suas redes sociais que irão consolidar o acordo. 
A candidata Manuela D'Ávila (PCdoB), que segue na disputa pela prefeitura de Porto Alegre no segundo turno contra Sebastião Melo (MDB), contará com o apoio de Fernanda Melchionna (PSOL). As duas têm uma reunião marcada para conversar sobre a aliança, mas já sinalizaram em suas redes sociais que irão consolidar o acordo. 
No Twitter, Manuela escreveu que conversou com a deputada federal Fernanda Melchionna e que ambas irão "caminhar juntas até a vitória". Em outro tweet, ela complementou: "Conversei também com o porta-voz da REDE. Ainda hoje sentaremos para reafirmar nosso compromisso com uma Porto Alegre sustentável."
— Manuela (@ManuelaDavila) November 16, 2020
Fernanda também adiantou sua disposição em apoiar a chapa formada por Manuela e Miguel Rossetto (PT). "Nossa campanha esteve a serviço da luta contra Bolsonaro e Marchezan. Essa já vencemos. Agora é preciso vencer a direita em Porto Alegre. Diferente dos partidos tradicionais, nosso objetivo não é discutir cargos, e sim o programa. Vamos à luta!", escreveu Melchionna. 
— Fernanda Melchionna 50 (@fernandapsol) November 16, 2020
Fernanda tem uma entrevista coletiva marcada para as 14h30min desta segunda-feira (16) para o anúncio oficial do apoio. Esta será a primeira vez em que PCdoB, PT e PSOL celebram um acordo na Capital.
Comentários CORRIGIR TEXTO