Porto Alegre, terça-feira, 17 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 17 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 00h46min, 16/11/2020. Atualizada em 16h03min, 17/11/2020.

Quem são os 36 vereadores eleitos para a Câmara de Porto Alegre

Dos 36 eleitos em 2016, apenas 16 se reelegeram; houve uma renovação de 55,5% na casa

Dos 36 eleitos em 2016, apenas 16 se reelegeram; houve uma renovação de 55,5% na casa


LEONARDO CONTURSI/CMPA/JC
Guilherme Kolling
Na primeira eleição com as novas regras para a disputa ao Legislativo, sem a permissão de coligações, houve uma pulverização ainda maior da Câmara Municipal de Porto Alegre. Agora são 18 partidos com representação no Legislativo da Capital – em 2016 eram 16 siglas.
Na primeira eleição com as novas regras para a disputa ao Legislativo, sem a permissão de coligações, houve uma pulverização ainda maior da Câmara Municipal de Porto Alegre. Agora são 18 partidos com representação no Legislativo da Capital – em 2016 eram 16 siglas.
Mas o dado mais marcante é a renovação de 55,5% dos vereadores. Dos 36 eleitos em 2016, apenas 16 se reelegeram – é verdade que nem todos participaram da disputa, vários já ocupam outros cargos.
Três siglas terão as maiores bancadas: o PSOL, que ampliou sua participação de três para quatro vereadores, além do PT, que manteve a bancada com quatro integrantes (embora apenas Aldacir Oliboni tenha sido reeleito), e o PSDB, com uma expressiva nominata de quatro vereadores – em 2016, a legenda havia eleito apenas um integrante da Câmara.
Cincos vereadores se destacaram com votações mais expressivas, três deles do PSOL. Karen Santos, que assumiu o mandato em 2018 na vaga de Fernanda Melchionna (PSOL), foi a mais votada (15,7 mil sufrágios) neste ano, seguida pelo correligionário Pedro Ruas (14.478 votos) e o reeleito Felipe Camozzato, do Partido Novo, que recebeu 14.279 votos.
Também reeleita, mas pelo seu novo partido, a Comandante Nádia (DEM) fez 11.172 votos. E o outro integrante do PSOL na lista dos mais votados é o novato Matheus Gomes, que fez 9.869 votos. Os outros 31 vereadores eleitos não chegaram à marca dos 6 mil votos.
O PTB, de José Fortunati, e o MDB, de Sebastião Melo, elegeram três vereadores cada, seguidos por bancadas que elegeram dois integrantes da próxima legislatura. Uma delas é o PCdoB, de Manuela d’Ávila. As outras são PP e PDT, que perderam uma cadeira, Republicanos – que manteve a bancada – e Partido Novo, que dobrou sua representação com Mariana Pimentel.

A nova composição da Câmara de Porto Alegre: 

PSOL: 4 vagas
  • Karen Santos: 15.702
  • Pedro Ruas: 14.478
  • Matheus Gomes: 9.869
  • Roberto Robaina: 5.105
PT: 4 vagas
  • Leonel Radde: 5.611
  • Laura Sito: 5.390
  • Jonas Reis: 5.133
  • Aldacir Oliboni: 4.612
PSDB: 4 vagas
  • Kaká D’Ávila: 5.101
  • Moisés Barboza: 4.703
  • Ramiro Rosário: 4.471
  • Gilson Padeiro: 3.404
MDB: 3 vagas
  • Cezar Schirmer: 3.484
  • Idenir Cecchim: 3.110
  • Lourdes Sprenger 2.522
PTB: 3 vagas
  • Tanise Sabino: 5.205
  • Giovane Byl 3.440
  • Hamilton: Sossmeier 3.299
Partido Novo: 2 vagas
  • Felipe Camozzato: 14.279 votos
  • Mariana Pimentel: 3.637 votos
PDT: 2 vagas
  • Mauro Zacher: 5.520
  • Márcio Bins Ely: 4.002
PP: 2 vagas
  • Mônica Leal: 4.140
  • Cassiá Carpes: 3.492
PCdoB: 2 vagas
  • Bruna Rodrigues: 5.366
  • Daiana Santos: 3.715 votos
Republicanos: 2 vagas
  • José de Freitas 5.929 votos
  • Alvoni Medina 5.720 votos
DEM: 1 vaga
  • Comandante Nádia 11.172
PRTB: 1 vaga
  • Fernanda Barth 4.909 votos
PL: 1 vaga
  • Mauro Pinheiro 4.947
PSL: 1 vaga
  • Alexandre Bobadra 4.703
PSD: 1 vaga
  • Cláudia Vieira de Araújo 4.071
Cidadania: 1 vaga
  • Jesse Sangali 3.814
PSB: 1 vaga
  • Airto Ferronato 3.684
Solidariedade: 1 vaga
  • Claudio Janta 2.394 votos

 

Comentários CORRIGIR TEXTO