Porto Alegre, segunda-feira, 16 de novembro de 2020.
Dia Internacional da Tolerância.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 16 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

ELEIÇÕES 2020

- Publicada em 23h14min, 15/11/2020. Atualizada em 00h53min, 16/11/2020.

Presidente do TRE-RS reforça lisura do processo eleitoral e diz que atraso foi em todo o País

Em coletiva, presidente do TRE disse que gaúchos podem se orgulhar da eleição realizada

Em coletiva, presidente do TRE disse que gaúchos podem se orgulhar da eleição realizada


ACS TRE-RS/DIVULGAÇÃO/JC
Fernanda Crancio
Em entrevista coletiva direto do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por volta das 22h20min, o presidente da Corte gaúcha, desembargador André Villarinho, esclareceu que o Tribunal cumpriu com sua obrigação de enviar os dados das eleições do Rio Grande do Sul ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no tempo devido. Segundo ele, o atraso na divulgação dos resultados deve-se a problemas restritos ao sistema do TSE, que neste ano decidiu por centralizar toda a captação e divulgação dos dados eleitorais dos 27 Estados brasileiros. De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do TRE, Daniel Wobeto, todos os gaúchos acordarão nesta segunda-feira (16) com os resultados de seus municípios, mas ele estima que nova atualização das estatísticas do Estado ainda possa ser recebida nas próximas horas.
Em entrevista coletiva direto do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por volta das 22h20min, o presidente da Corte gaúcha, desembargador André Villarinho, esclareceu que o Tribunal cumpriu com sua obrigação de enviar os dados das eleições do Rio Grande do Sul ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no tempo devido. Segundo ele, o atraso na divulgação dos resultados deve-se a problemas restritos ao sistema do TSE, que neste ano decidiu por centralizar toda a captação e divulgação dos dados eleitorais dos 27 Estados brasileiros. De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do TRE, Daniel Wobeto, todos os gaúchos acordarão nesta segunda-feira (16) com os resultados de seus municípios, mas ele estima que nova atualização das estatísticas do Estado ainda possa ser recebida nas próximas horas.
De acordo com Villarinho, os problemas ocorridos no sistema do TSE se projetram em todas as regiões do País. "O atraso foi simultâneo em todos os Estados, que ficaram sem receber atualizações", disse.
Ele ressaltou que o TRE gaúcho enviou todos os dados corretamente, mas que os mesmos só serão divulgados quando liberados no sistema do TSE. Por conta do ocorrido, os resultados finais de Porto Alegre e demais cidades dependem exclusivamente da divulgação de Brasília. "Dependemos da atualização do TSE, nossos dados não são mais catalogados aqui, não temos como divulgar antes de o TSE liberá-los", reforçou o presidente.
De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do TRE, ao longo da noite deverão ocorrer novas atualizações dos dados por parte da Corte Superior. "Certamente ao longo da noite, e nas próximas horas, deveremos ter nova atualização do processamento dos dados. E todos os gaúchos acordarão sabendo quem ganhou ou vai para o segundo turno", disse Wobeto.
Os representantes do TRE também explicaram como está sendo possível que alguns municípios já comemorem os resultados obtidos, apesar da falta de dados oficiais. Segundo Wobeto, isso ocorre por conta do acesso aos boletins expedidos pelas urnas eletrônicas, embora o resultado final não tenha sido divulgado. No geral, as manifestações dos membros da Justiça Eleitoral trataram de enfatizar a lisura de todo o processo eleitoral comandado no Estado, bem como a dedicação e os esforços dos servidores para o sucesso do pleito nos municípios gaúchos. "Os gaúchos podem se orgulhar da eleição que realizamos", disse Villarinho.
Comentários CORRIGIR TEXTO