Porto Alegre, domingo, 15 de novembro de 2020.
Dia da Proclamação da República.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 15 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 18h03min, 15/11/2020. Atualizada em 18h05min, 15/11/2020.

Boca de urna em SP: Covas com 33% dos votos válidos; Boulos, 25%; França, 13%

Covas tem 33% dos votos válidos, enquanto Boulos tem 25% pela boca de urna

Covas tem 33% dos votos válidos, enquanto Boulos tem 25% pela boca de urna


Rovena Rosa/Agência Brasil/JC
O prefeito Bruno Covas (PSDB) e o candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, disputarão o segundo turno das eleições 2020 na capital, segundo boca de urna do Ibope divulgada na tarde deste domingo (15), pela TV Globo. Covas tem 33% dos votos válidos, enquanto Boulos tem 25%.
O prefeito Bruno Covas (PSDB) e o candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, disputarão o segundo turno das eleições 2020 na capital, segundo boca de urna do Ibope divulgada na tarde deste domingo (15), pela TV Globo. Covas tem 33% dos votos válidos, enquanto Boulos tem 25%.
Segundo a pesquisa, Covas tem 33% dos votos válidos, enquanto Boulos tem 25%. Em seguida, vem Márcio França (PSB), com 13%. Arthur do Val (Patriota), Celso Russomanno (Republicanos) e Jilmar Tatto estão empatados, com 8% cada um. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais.
A votação em primeiro turno das eleições municipais deste ano teve início às 7h deste domingo, 15, em todo o País. Sob o impacto da pandemia do novo coronavírus, que projeta um cenário de turbulência econômica perseverante e impõe severos desafios aos gestores públicos, cerca de 150 milhões de eleitores estão aptos a votar para escolher 5,5 mil prefeitos e pouco mais de 58 mil vereadores que tomarão posse no ano que vem.
Um plano de segurança sanitária foi estabelecido para a votação por causa dos riscos envolvendo a Covid-19. Em São Paulo, segundo o Ibope, apenas 4% dos eleitores afirmam que não irão comparecer nos locais de votação. Outros 9% estão em dúvida. O horário de votação foi estendido em uma hora - vai das 7h às 17h -, com a faixa de 7h às 10h destinada, preferencialmente, a pessoas maiores de 60 anos.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO