Porto Alegre, domingo, 15 de novembro de 2020.
Dia da Proclamação da República.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 15 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 11h17min, 15/11/2020. Atualizada em 11h18min, 15/11/2020.

Bolsonaro vota no Rio com ampla estrutura, mas menos de 10 apoiadores

O presidente ficou no local por 10 minutos e não deu declarações públicas

O presidente ficou no local por 10 minutos e não deu declarações públicas


Dhavid Normando/Futura Press/Folhparess/JC
O presidente Jair Bolsonaro votou por volta das 10h10 da manhã deste domingo (15) na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, zona norte do Rio. Ele ficou no local por 10 minutos e não deu declarações públicas.
O presidente Jair Bolsonaro votou por volta das 10h10 da manhã deste domingo (15) na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, zona norte do Rio. Ele ficou no local por 10 minutos e não deu declarações públicas.
Diferentemente da eleição de 2018, quando centenas de eleitores vestindo camisas amarelas foram ao local para prestar apoio ao então candidato - causando inclusive um princípio de tumulto -, desta vez menos de dez pessoas esperaram pelo presidente. E todas elas usando roupas em tons discretos.
A baixa ida de apoiadores deve ter surpreendido os responsáveis pela zona eleitoral, que montaram uma grande estrutura para separar as pessoas, incluindo a colocação de banheiros químicos e dezenas de segurança, além, é claro, de homens do exército.
Antes de entrar e logo ao sair da escola em que vota, Bolsonaro conversou rapidamente com seus nove apoiadores. Uma mulher conseguiu uma selfie.
Durante a campanha, Bolsonaro gravou vídeo em apoio à candidatura do atual prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), que aparece em segundo lugar nas pesquisas. E o filho "zero dois" do presidente, Carlos Bolsonaro, busca mais um mandato na Câmara Municipal carioca.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO