Porto Alegre, domingo, 15 de novembro de 2020.
Dia da Proclamação da República.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 15 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 09h38min, 15/11/2020. Atualizada em 10h11min, 15/11/2020.

Eleitores apontam problemas no aplicativo e-título; TSE alega 'excesso de acesso'

Área técnica do TSE informou que pode haver instabilidade momentânea no uso do e-título

Área técnica do TSE informou que pode haver instabilidade momentânea no uso do e-título


Antonio Augusto/Ascom/TSE/JC
Eleitores têm relatado problemas para acessar o e-título, aplicativo que substitui o título de eleitor na hora da votação, neste domingo (15). Um dos problemas mencionados é quando o eleitor tenta concluir o cadastro e aparece a seguinte mensagem: 'Desculpe! Algo saiu errado com sua solicitação. Pedimos a gentileza de tentar acessar este serviço dentro de alguns minutos. Caso o problema persista, verifique sua conexão com a internet".
Eleitores têm relatado problemas para acessar o e-título, aplicativo que substitui o título de eleitor na hora da votação, neste domingo (15). Um dos problemas mencionados é quando o eleitor tenta concluir o cadastro e aparece a seguinte mensagem: 'Desculpe! Algo saiu errado com sua solicitação. Pedimos a gentileza de tentar acessar este serviço dentro de alguns minutos. Caso o problema persista, verifique sua conexão com a internet".
Também há relatos de problemas na hora de justificar o voto pelo aplicativo. 
Segundo a assessoria TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a área técnica do tribunal informou que pode haver instabilidade momentânea no uso do e-título em razão do "excesso de acessos". "Caso o eleitor tenha alguma dificuldade, a orientação é fazer novamente em alguns minutos. Até as 8h30 deste domingo, cerca de 400 mil eleitores já justificaram ausência pelo aplicativo" diz o TSE.
"Para justificar, é preciso estar fora do domicílio eleitoral e o aplicativo faz a verificação por georreferenciamento. Além do aplicativo, a Justiça Eleitoral tem ainda o Tira-Dúvidas Eleitoral que permite consulta a local de votação e outros serviços.
Folhapress
Comentários CORRIGIR TEXTO