Porto Alegre, sábado, 14 de novembro de 2020.
Dia do Bandeirante.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 14 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 20h15min, 14/11/2020. Atualizada em 20h55min, 14/11/2020.

Manuela aumenta vantagem no 1º turno; Melo aparece em 2º e Marchezan em 3º, aponta Ibope

Manuela tem 40% dos válidos, Melo, 25%, Marchezan, 17%, Juliana, 7%, Melchionna, 3%, e Nagelstein e Derly, 2%

Manuela tem 40% dos válidos, Melo, 25%, Marchezan, 17%, Juliana, 7%, Melchionna, 3%, e Nagelstein e Derly, 2%


ARTE/MONTAGEM/JC
A última pesquisa eleitoral do Ibope antes do primeiro turno aponta Manuela D'Ávila (PCdoB), com 40%, e Sebastião Melo (MDB), com 25%, dos votos válidos, que excluem brancos, nulos e indecisos, na estimulada para a prefeitura de Porto Alegre.
A última pesquisa eleitoral do Ibope antes do primeiro turno aponta Manuela D'Ávila (PCdoB), com 40%, e Sebastião Melo (MDB), com 25%, dos votos válidos, que excluem brancos, nulos e indecisos, na estimulada para a prefeitura de Porto Alegre.
É o primeiro levantamento sem José Fortunati (PTB), que se retirou da disputa após a candidatura de seu vice, André Cecchini (Patriota), ter sido indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS). Depois, Fortunarti declarou apoio a Melo.
O atual prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) aparece com 17%. Juliana Brizola (PDT) tem 7%; Fernanda Melchionna (PSOL), 3%; Valter Nagelstein (PSD), 3%; Derly (Republicanos), 2%; Gustavo Paim (Progressistas), 1%; e Rodrigo Maroni (Pros), 1%. Já Julio Flores (PSTU), Luiz Delvair (PCO) e Montserrat Martins (PV) não pontuaram.
Na última pesquisa, de 29 de outubro, Manuela tinha 32%, Melo, 16%, Marchezan, 17%, Juliana, 5%, Fernanda, 4%, Nagelstein, 3%, João Derly, 4%, Paim, 2%, e Maroni, 1%. 
A simulação do segundo turno, Manuela aparece com 42% e Melo, com 40%, com empate técnico. Brancos e nulos somam 11% e não sabe/não respondeu, soma 7%.
Num segundo turno contra Marchezan, a candidata do PCdoB tem 44% e o tucano, 33%. Já os brancos/nulos, são 15% e não sabe/não respondeu, 8%.
As maiores rejeições são de Manuela (38%), seguida por Marchezan (36%), Maroni (19%) e Nagelstein (15%).
A pesquisa foi contratada pela RBSTV, e foi feita entre os dias 12 e 14 de novembro ouvindo 805 eleitores. Os dados foram divulgados pelo site G1. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. 
Comentários CORRIGIR TEXTO